10 Clássicos Bagaceiros (anos 60) – parte 2

Dando continuidade aos anos 60 e seus diretores cheio de idéias divertidas. A maioria desses filmes que tenho indicado aqui não estão disponíveis em DVD no Brasil, mas acredito que são bem fáceis de serem conseguidos. No próprio youtube você poderá assistir vários deles completos (divididos em partes).

“2000 MANIACS(1964) de HG Lewis.

HG Lewis e o produtor David F. Friedman fizeram a dobradinha de filmes gore “Blood Feast” (1963) e este “2000 Maniacs” que entraram prá história do cinema como as primeiras produções com sangue e membros exposto. Acho este “2000 Maniacs” divertido demais, vi uma entrevista do John Waters com o HG Lewis onde ele conta que várias idéias prá mortes neste filme foram dadas por seu filho de 12 anos!!!

http://www.imdb.com/title/tt0058694/

ORGY OF THE DEAD(1965) de Stephen C. Apostolof, com: Criswell.

Esse pequeno filme inútil de Apostolof filmado em apenas um cenário está aqui porque a curiosidade é ver Criswell fazendo suas canastrices de sempre inchado de bebida e pelo roteiro ser assinado pelo Edward D. Wood Jr. baseado num livro dele mesmo. Um casal é amarrado em dois palaques e é obrigado a assistir inúmeras dançarinas do além com suas coreográfias vagabundas. Hilário!!!

http://www.imdb.com/title/tt0054240/

“INCUBUS(1965) de Leslie Stevens, com: William Shatner.

A principal curiosidade deste filme é que ele foi filmado falado em Esperanto. É uma produção bem cuidada que vale a pena ser conhecida, a maioria das cópias dela que circulam por aí trazem legendas em inglês.

http://www.imdb.com/title/tt0059311/

GOOD MORNING …AND GOODBYE!” (1967) de Russ Meyer, com: Haji.

Todos os elementos que deixaram Russ Meyer famoso estão neste pequeno clássico. Haji aparece de forma espetacular neste filme (ela também estav no elenco de “Motorpsycho!” de 1965 e “Faster, Pussycat! Kill! Kill!” de 1966, ambos de Russ Meyer). Os créditos iniciais deste filme são ótimos.

http://www.imdb.com/title/tt0061719/

Na falta de um trailer no youtube prá este filme, optei por colocar a primeira parte (de sete) de um documentário sobre o Russ Meyer:

FANDO Y LIS” (1967) de Alexandro Jodorowsky.

Qual é a diferença de um trash movie prá um filme de arte? …A abordagem que o autor do filme lhe confere. Jodorowsky fez este seu primeiro filme (não vou considerar o “La Cravate” como primeiro filme do Jodorowsky porque foi feito em parceria com vários outros artistas) com pouquíssimo dinheiro e conseguiu imprimir um visual único. Jodorowsky faria a seguir os clássicos “El Topo” e “The Holy Mountain”, filme únicos na filmografia mundial. Este “Fando Y Lis” foi inspirado numa peça de teatro de Fernando Arrabal que nos anos 70 fez clássicos surrealistas como “Viva la Muerte”.

http://www.imdb.com/title/tt0061643/

ESTA NOITE ENCARNAREI NO TEU CADÁVER(1967) de José Mojica Marins.

Clássico do cinema brasileiro. Recentemente revi este filme e percebi o que sempre me irritou nele: as interpretações canatronas de todo o elenco (no “Á meia-Noite Levarei sua Alma” Mojica tinha conseguido esconder as canastrices do elenco com uma edição dinâmica, coisa que não conseguiu aqui). Mas é diversão em estado bruto, reparem na cena que Mojica salva a criancinha do atropelamento, melhor-pior impossível!!!!!

http://www.imdb.com/title/tt0060380/

THE ASTRO-ZOMBIES(1968) de Ted V. Mikels, com: Tura Satana e John Carradine.

Sci-fi trash exemplar com a Tura Satana (do clássico “Faster, Pussycat! Kill! Kill!”, 1966, de Russ Meyer) combatendo alienígenas. Adoro os filmes do mestre Ted V. Mikels.

http://www.imdb.com/title/tt0064048/

MAD DOCTOR OF BLOOD ISLAND(1968) de Eddie Romero e Gerardo de Leon, com: John Ashley.

Médico louco tenta criar raça de zumbis… Onde mesmo já vi essa história??? Eddie Romero foi um dos principais diretores filipinos de exploitation, fez filme prá caralho e merece ser descoberto entre os fãs de trash-movie aqui do Brasil.

http://www.imdb.com/title/tt0063255/

“YUKE, YUKE, NIDOME NO SHOJO” (1969) de Koji Wakamatsu.

Um clássico de pequeno orçamento do cineasta anarquista Koji Wakamatsu. A trilha sonora de jazz e os atores são muito bem conduzidos. Wakamatsu fez vários filmes prá Nikkatsu, onde misturou filmes políticos com filmes de puatria. É um cineasta genial pouco discutido.

http://www.imdb.com/title/tt0065233/

Infelizmente o único vídeo do filme que achei no youtube, algum imbecil modificou a trilha sonora. Minha dica é tentar achar o filme e ver ele que é ótimo.

“GAMERA TAI DAIAKUJU GIRON(também conhecido pelos títulos alternativos de “Gamera Vs. Guillon” e “Attack of the Monsters”, 1969) de Noriaki Yuasa.

Vários monstros gigantes lutam em cenários de papelão. Cinema japonês tava inspirado quando realizou este filme.

http://www.imdb.com/title/tt0064360/

MONDO TRASHO(1969) de John Waters, com: Divine, Mary Vivian Pearce, David Lochary, Mink Stole e Pat Moran.

Primeiro longa do John Waters e seus amiguinhos desajustados é uma fábula surrealista de primeira. Há ótimas cenas de ataque à mitologia cristã. Ainda nos anos 60, Waters e seu pessoal fizeram o “Multiple Maniacs” (1970) onde uma lagosta gigante estupra Divine (colei ceninha do estupro logo abaxio do vídeo do “Mondo Trasho”).

http://www.imdb.com/title/tt0064683/

2 Respostas para “10 Clássicos Bagaceiros (anos 60) – parte 2”

  1. Eduardo (Edu) Says:

    Baita lista!

  2. que beleza, alguns já vi e os que não vi ainda deram água na boca. vou atrás deles… ótimas indicações, anotei todas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: