Ilustrações Publicadas no zine Arghhh

Disponibilizando hoje algumas ilustrações que eu publicava no zine “Arghhh”. São 8 ilustrações do mestre Júlio Y. Shimamoto (que colaborou no zine durante vários anos), 3 do Luciano Irrthum, 2 do Edgar S. Franco, 1 do Henry Jaepelt e 1 do Lok.

O zine “Arghhh” era um fanzine que trazia sempre muitas HQs inéditas (estou com meu scanner consertado novamente, em breve vou disponibilizar muitas outras HQs, dando seqüência ao resgate de material que foi editado no zine durante mais de 15 anos) e, também publicava, muitas ilustrações que os desenhistas me enviavam junto das HQS.

JÚLIO Y. SHIMAMOTO:

LUCIANO IRRTHUM:

EDGAR S. FRANCO:

HENRY JAEPELT:

LOK:

6 Respostas to “Ilustrações Publicadas no zine Arghhh”

  1. Edgar Franco Says:

    Tempos áureos do grande ARGHHHHHHHHHHHHHm vc deveria selecionar HQs e ilustrações de destaque e lançar um álbum ARGHHHHHH! Já pensou nisso… Abração

    • Opa Edgar, já pensei sim em editar um álbum de luxo dos quadrinhos do “Arghhh” mas esbarro num grande problemão que é falta de grana prá editar ele e autorização dos antigos colaboradores, só sei por onde anda tu, Irrthum, Airton Bratz, Jaepelt, Shimamoto e o Rodrigo Gagliardi, resto do pessoal simplesmente sumiu…
      Mas pretendo voltar a editar quadrinhos, ando meio de saco cheio de fazer filmes então a idéia de voltar a editar quadrinhos me assombra direto, hauahauahauahauaahaua

      E Edgar, querendo colaborar com quadrinhos inéditos aqui no nosso blog esteja a vontade que teu material sempre é bem vindo!!!

      • Grande BAIESTORF,

        Pois é, seria muito bom! O ARGHHH marcou época na HQ brasileira, era um tipo de horror que sumiu, mais grotesco e doentio, com uma verve psico. Hoje temos a onda crepúsculo de horror rsrsrs
        Ei, quem tatuou essa minha ilustração foi o Bortonzola??? Vc se lembra?
        Queria uma foto da tatoo, estou guardando fotos de tatoos com meus desenhos…

        Vamos nos falando! Ah, quando tiver um tempo veja essa animação minha (argumento/música) e do Irrthum (bonecos, animação):

        Abraço pós-humano

  2. Saudades daqueles tempos. A simplicidade do off set, mas os textos, traços e conteúdo forte, abrangente. Quadrinistas originais e criativos apareceram e para deixar sua marca, textos e traços. Hoje tem a tecnologia, mas nada como folhear um quadrinho, mesmo simples e página por página os traços, textos e criatividade aflorando. Uma arte está eternizada em um quarto de minhas costas e é do Edgar Franco e é a morte da sensível e consciente ELEGIA. Quanto ao Baiestorf pode voltar aos quadrinhos, aguardo publicações, pois tenho saudades da escatologia sem perder a sensibilidade de seus textos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: