Santa Igreja da Roubalheira Consentida

Uma gata prenhe cheia de pulgas olha gordos trovões e seios amolecidos iluminados pelos relâmpagos na noite das orgias gastrostomicas lançadas via intravenosa por crianças com pernas amputadas e transgênicas senhoras calçando chinelos podres que sonham em transar com o Bispo da Santa Igreja Católica da Roubalheira Consentida, abarrotada de ouro Latino, que gargalha da sorte dos indígenas excluídos bebedores de raízes e água poluída vertente das entranhas da Mãe-Terra infestada de minhocas Euro-Mutantes cheias de perninhas-mãozinhas gatunas invisíveis que proíbem  os nativos de se rebelarem. ( Índio falastrão, fique deitado na sombra, não pense, não grite, não discuta !!! Índio falastrão, espere em silêncio que o belo pelicano de busto siliconizado Made In U.S.A. te devore !!! ).

Mande-me uma cereja rosa, pingando líquidos cheirosos, para mim esfrega-la na cara !!! Mande-me uma cereja peluda para arrancar os pentelhos da guria com os dentes e faze-la gemer o Pai-Nosso durante o gozo masoquista !!! Mande-me uma cereja virgem que clama por uma estátua do Papa lhe rasgando o hímen enquanto tenta se concentrar para visualizar o exato instante do casamento do anão judeu negão com seu padre pedófilo arrependido ( mas de véu e grinaldas ) adorado por toda uma geração de velhas fêmeas cegas que se banham na putrefacta água benta dos pântanos do cristianismo secular !

A secura das pupilas da garota que cai no abismo da eternidade me pertence tanto quanto o convento repleto de dançarinas rodopiantes que lambem o umbigo peludo das santas madres superioras bebedoras de líquidos etílicos construídos na montanha de Jodo durante uma tempestade maligna provocada por guerrilheiros que fugiram do hospício em que você reside !!!

Chame o padre e lhe diga que tua mão não mais irá alimenta-lo !!! ( Neste meio-tempo reunirei todas as bíblias do mundo e com elas construirei casas populares para os pobres… ).

Os cavalos ateus da liberdade rasgarão ao meio o Papa e toda a corja de parasitas que o acompanham e o estouro das tripas papais sagradas imitarão o som da vitória e o riso das mocinhas inocentes se misturarão ao sangue excrementado de Cristo ( aquele que sente falta de uma cruz para que você, leitor, sinta pena dele e o carregue para todo o sempre na tua corcunda inútil adoradora da miséria humana e escrava dos nunca vistos nem sentidos castigos divinos !!! ).

poesia de Petter Baiestorf.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: