Eurociné – Os Canalhas do Eurotrash

Eurociné é uma empresa cinematográfica européia fundada em 1937 e comandada por Marius Lesoeur. Entre os diretores que trabalhavam prá empresa, nomes picaretas como Jesus Franco e Jean Rollin e atores como Howard Vernon, Richard Harrison, Christopher Mitchum e Christopher Lee. Os melhores filmes da Eurociné foram feitos entre 1960 e 1980, quando começou o declínio deles e é minha fase preferida (não que os filmes anteriores não fossem vagabundos, mas depois dos anos 80 os orçamentos ficaram mais minguados ainda), com filmes como “Mondo Cannibale” (1980, Jesus Franco, não confundir com “Ultimo Mondo Cannibale” de Ruggero Deodato), “L’Abîme des Morts Vivants/Oasis of the Zombies” (1981, Jesus Franco) ou o inacreditável “Le Lac des Morts Vivants/Zombie Lake” (1981, começado por Jesus Franco que sumiu ainda na pré-produção do filme que foi assumido por Jean Rollin com colaborações de Julian Laserna). Sobre “Le Lac des Morts Vivants”, considerado o pior filme francês já feito, Rollin comenta:

“Era um dia antes das filmagens e ninguém sabia onde Jesus Franco estava. Nem sinal, nem nada. Eu estava para sair de férias quando tocou o telefone. Era a Eurociné que perguntou se eu estava interessado em dirigir um filme deles. Eu disse: “Por que não? Quando precisam de mim?” e eles responderam: “Pode começar amanhã.” Não li o roteiro, não sabia nada do filme além de que tratava de zumbis, e o produtor me explicava toda manhã o que eu devia filmar. Nunca levei esse filme a sério. A Eurociné é uma empresa bizarra. Não tenho certeza do que eles fazem. Acho que eles pensam que “Le Lac des Morts Vivants” é um bom filme de terror! Eles vivem em outro planeta!”

De acordo com Pete Tombs e Cathal Tohill no livro “Immoral Tales: European Sex and Horror Movies”:

“O filme foi ultra baixo orçamento até para os padrões da Eurociné. Em certo ponto, problemas técnicos fizeram a câmera rodar mais devagar, deixando os movimentos mais rápidos. Não havia como consertar e o tempo estava correndo, então Rollin teve que ensinar o elenco a atuar em câmera lenta”.

Trasheira exemplar e imperdível. A Eurociné produz filmes até hoje, última produção deles listada no IMDB é “El Rey” (divertido drama sobre o traficante Pedro Rey, aqui no Brasil se chamou “O Rei do Tráfico”). Fiquem com alguns trailers de filmes produzidos pela Eurociné (é díficil de encontrar trailers dos filmes deles, fiz várias buscas e quase sempre com resultado nulo) e quem curtir trash-movies tem obrigação de correr atrás dos filmes deles:

E para quem curtiu o trailer do “Oasis of the Zombies”, segue aqui filme inteiro para ser assistido:

2 Respostas to “Eurociné – Os Canalhas do Eurotrash”

  1. […] se tivesse sido dirigido por algum diretor mais sem noção. Joe D’Amato, Jesus Franco ou Jean Rollin teriam feito bonito com este […]

  2. […] tem Howard Vernon no elenco; Trepanator (1992) e o impagável Dinosaur from the Deep (1993), com Jean Rollin no elenco. E os alemães Olaf Ittenbach, que causou sensação com seu The Burning Moon (1992), mas […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: