Lust, Cutting, Blood!

Dias atrás fiz minha primeira scar tattoo, como sempre tive muito tesão por cortes, sangue e cicatrizes não foi difícil encarar o bisturi na coxa, onde fiz o símbolo da censura “XXX”. Todo o processo durante a scarificação é tranquilíssimo e a dor é tão suportável quanto numa tattoo comum (pelo menos pra mim foi), confesso que o depois é mais dolorido,  sobretudo na hora de lavar a scar, ali se acumula toda a dor que o cara não sentiu durante os cortes,  mas passa e o resultado final é mais uma arte linda na pele.

Sinto que não vou parar por aqui, pela coxa, ahahahaha. Pain and Pleasure!!!

Algo sobre Escarificação:

A Escarificação/scarification é uma técnica de modificação corporal que consiste em fazer cicatrizes no corpo com láminas cortantes. O processo da escarificação envolve cortar uma imagem na pele e propositalmente irritar a ferida pra assim o tecido epitelial crescer de forma onde a cicatrização ocorra sem alterar o desenho feito.

Atualmente, a escarificação vem, aos poucos, ganhando espaço no cenário da Body Art e jamais deve ser feita em casa.

A técnica mais comum nos estúdios é a chamada “Cutting” que nada mais é que cortar a pele com uma lâmina até certa profundidade dando continuação com a técnica “Skin Removal” que é a remoção de certas áreas da pele para deixar desenho escolhido mais detalhado.

Fonte: exoticlic.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: