Ô Psit!

O Grupo de humor “Os Trapalhões” dispensa maiores apresentações, já fazem parte da cultura popular brasileira. O que quero indicar neste post-dica rápido (me desculpem pelas postagens feitas na correria nesta semana, mas estamos com pouco tempo disponível para o blog, coisa que pretendemos resolver nos próximos dias), é um livro sobre o cinema d’Os Trapalhões que é bem divertido e informativo.

Estou falando do livro “Ô Psit! – O Cinema Popular dos Trapalhões” (178 páginas, editora Artes & Ofício) escrito pela pesquisadora Fatimarlei Lunardelli. Como este livro já foi lançado em 1996, desconfio que possa estar esgotado e fora de catálogo (achei meu exemplar fuçando num sebo em Porto Alegre/RS). Nesta pesquisa, Lunardelli examina 30 anos de carreira do grupo liderado por Renato Aragão (tio do Rodrigo Aragão, irmão do Rajá de Aragão, mas posso estar mentindo) que, até a época, tinham realizado 38 filmes e vários deles ultrapassaram a casa dos cinco milhões de espectadores. O livro análisa, principalmente, essa preferência do público comum pela comédia. É um trabalho de faculdade editado em forma de livro, mas em momento algum a leitura dele se torna chata.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: