Uma Mulher Incomum

conheci essa mulher

e ela disse,

você está péssimo,

vamos te limpar,

e ela começou a espremer minhas

espinhas.

ela espremia essas espinhas

em tudo quanto é canto:

no carro, no mercado, na

cama, no parque

(entre uma foda e

outra).

eu fiquei sem espinhas antes de

ficar sem

amor.

o que vamos fazer

agora? ela perguntou.

.

então ela começou a arrancar os pêlos

de minhas orelhas e nariz e ao redor dos olhos

e sobrancelhas, das costas,

com uma pinça. ficamos sem

pêlos antes de eu

ficar sem

amor.

o que vamos fazer

agora? ela perguntou.

.

fiquei sem espinhas e sem pêlos

antes de ficar sem

amor.

agora ela fez as malas e

está se mudando

hoje à noite mas não antes de ela

limpar a cera

dos meus

ouvidos.

.

uma mulher altamente

incomum.

escrito por Charles Bukowski.

Uma resposta to “Uma Mulher Incomum”

  1. D donnie kyuss Says:

    O velho safado e suas historias incriveis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: