Trabalho Autoral Independente

“T.A.I. – Trabalho Autoral Independente” (2011, 13 minutos) de Juliana Gregoratto. Com: Rodrigo Aragão, Kapel Furnan e Paulo Biscaia Filho.

“T.A.I.” é um documentário de TCC de Juliana Gregoratto que dá uma mostra do cenário das produções de baixo orçamento do Brasil e trás importantes entrevistas com os realizadores Rodrigo Aragão, Kapel Furnan e Paulo Biscaia Filho. Rodrigo Aragão é o homem do momento do cinema independente brasileiro, tendo feito os clássicos “Mangue Negro” e “A Noite do Chupacabras” e é, possivelmente, o mais inventivo maquiador brasileiro em atividade. Kapel Furnan é o diretor do ótimo “Pólvora Negra” e fez as maquiagens do maravilhoso curta “Ivan” de Fernando Rick. Paulo Biscaia Filho, o único do grupo que não conheço pessoalmente, é de Curitiba/PR e realizou o longa “Morgue Story – Sangue, Baiacu e Quadrinhos”. O grande charme do documentário é que ele foi produzido em VHS, num bem humorado paralelo com a produção de muitos diretores independentes brasileiros que, numa época não muito distante, só tinham as câmeras VHS caseiras para registrar suas idéias.

Em matéria de documentários sobre o universo do cinema independente, o Brasil está cada vez mais bem servido. “T.A.I.” acaba se tornando uma produção complementar ao ótimo “Sangue Marginal” (que não trazia entre seus entrevistados Rodrigo Aragão e Paulo Biscaia Filho). Como curiosidade percebam a participação do diretor Armando Fonseca (do ótimo curta “Velho Mundo“) como diretor de fotografia e editor de “Trabalho Autoral Independente”, essa pequena introdução ao mundo do cinema de baixo orçamento brasileiro, onde três ótimos diretores teorizam sobre assuntos deliciosos como o acúmulo de funções na hora de filmar, curiosidades que influenciaram no orçamento dos filmes, editais, problemas nas filmagens, distribuição e a camaradagem que rola entre os técnicos na hora de tocar prá frente uma pequena produção, muitas vezes movidas somente pela paixão de realizar um trabalho autoral.

Veja aqui o documentário:

2 Respostas to “Trabalho Autoral Independente”

  1. “Eu quero faze cinema no bra$il e não cinema brasileiro”
    gostei dessa frase!

  2. Aê, valeu! Muito bom, a Juliana e eu com certeza ralamos muito pra fazer com que esse filme ficasse o mais bacana possível!

    Canibuk apoiando aí e mostrando pra todo mundo o que tá sendo feito por todo o canto. Demais, AEEE!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: