Já Morreu

sempre quis transar com

Henry Miller, ela disse,

mas quando cheguei lá

era tarde demais.

.

diabos, eu disse, vocês

sempre chegam tarde demais, garotas.

hoje já me masturbei

duas vezes.

.

não era esse o problema dele,

ela disse. a propósito,

como você consegue bater

tantas?

.

é o espaço, eu digo,

todo o espaço entre

os poemas e os contos, é

intolerável.

.

você deveria esperar, ela disse,

você é impaciente.

.

o que você pensa de Céline?

perguntei.

.

queria transar com ele também.

.

já morreu, eu disse.

.

já morreu, ela disse.

.

importa-se de ouvir uma

musiquinha? perguntei.

.

pode ser legal, ela disse.

.

dei-lhe Ives.

.

Era tudo que me restava naquela noite.

de Charles Bukowski.

2 Respostas to “Já Morreu”

  1. eliasfpacheco Says:

    Cara, tenho uns poemas eróticos aqui que eu acho que cê vai gostar. Poderia mandá-los por e-mail? Pode publicar aqui se quiser… Abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: