Any Day Now

“Any Day Now” (2012, 5 min.) de Ismael A. Schonhorst.

Essa delícia de curta demente (como todos os vídeos independente deveriam ser) conta a história de um jovem que acorda após noitada de bebedeira e se depara, ao lado de sua cama, com Gurcius Gewdners. Milhares de Gurcius estão em sua vida, dois em seu quarto, um casal de Gurcius na sala, Gurcius na cozinha, Gurcius e mais Gurcius saindo pela culatra, como num pesadelo ao som de Os Legais, banda de Gurcius Gewdner!!! Assim o jovem re-encontra seu orgasmo interior desmaiando de prazer após o gozo alucinadamente ardente.

Com uma produção simples, mas bem realizada, Ismael Schonhorst conseguiu criar um universo caótico que lembra em muito os filmes e shows de Gurcius Gewdner, realizando uma bela homenagem ao ícone catarinense que atualmente vive como travesti no Rio de Janeiro. O diretor Ismael, em importante depoimento ao Canibuk, fala sobre a produção do curta “Any Day Now”: “Uma madrugada de pesadelo e uma conversa com o superstar GurciusGewdner. Disso saiu a ideia para o primeiro videoclipe do disco d´Os Legais feito em parceriaInterzone-virtualesca com maior maestro de todos os tempos, o genial BURT BACHARACH. Videoclipe que acabou se desdobrando e hoje não sabe se é propaganda de álbum picareta, curta metragem chapado de sorvete estrelado, ou se é apenas uma alucinação que tende a ser esquecida em breve pelo consciente dos que experimentarem o prazer calcificante destes 5 minutos de amor e cuspe; Retorno meu ao mundo da direção cinematográfica, que estava afastado desde 3 fracassos sucessivos de finalizar curtas, resolvi que queria fazer neste trabalho algo que pudesse ser escrito em todas as categorias de festivais pelo mundo à’for’a-ll. Sem preconceitos. O que está ali é para chegar às mentes e permitir uma livre interpretação, tanto se for visto como um vídeo d’Os Legais, quanto se for visto como um curta metragem baseado no pensamento da violência-sexual de J.G. Ballard e na idéia de psique-decomposta de Emil Cioran, como assim é na verdade dentro da mente do diretor, ou seja, da minha mesma. A própria gravação do curta foi uma decomposição. Originalmente éramos para ter 20 pessoas dançando freneticamente, uma orgia de animais, batidas de carro reais, e um casal de verdureiros. Acabou que o casal desapareceu quando soube que não iriam aparecer em tela, os carros reais custavam muito caro, os animais acharam que a orgia era no IBAMA e foram parar no local errado, e as 20 pessoas que prometeram que apareceriam no clipe (inclusive uma gostosa que seria minha homenagem à Canibal Filmes no vídeo) desistiram, ou inventaram desculpas (dimensões paralelas, etc…), ou tiveram que ir em algum enterro de algum parente que morreu no dia da gravação. Fazer cinema sem dinheiro e sem drogas para os atores no Brasil dá nisso. Mas não desisti, e resolvi reconstruir a ideia, mudar os planos planejados (cof! cof!), e fazer como dava. E deu! Eis aqui o clipe finalizado (em um PC vagabundo; outro problema que tive foi o meu computador pifar no dia da edição), distribuído, sem censura, sem cortes, sem a gostosa, mas com uma gostosa banha de nosso ator sensual número 2 que, acreditem, foi contratado para pousar nu na próxima edição da Z Magazine. Depois dizem que as bordas não servem de vitrines culturais! Novos projetos estão sendo fermentados na Cachorro Bandido Produções. Um primeiro trabalho chamado Ruído Branco, também pseudo-filosófico-tecnocrata-apocalíptico, está em nosso canal do YouTube e circulando o país todo em festivais, eventos médicos, e feirinhas infantis. Sigam o canal para receberem as futuras atualizações. Divulguem entre seus amiguinhos. Se masturbem ao som de Os Legais. E salvem o mundo das cáries.”

“Any Day Now” é cinema demente como somente os catarinenses, com seu senso de humor retardado, conseguem produzir! Masturbe-se gostoso por Gurcius Gewdner!

Você pode assistir na integra o curta-metragem (que na minha opinião não é vídeo-clip) aqui:

E não perca também o curta-metragem “A Vida e a Morte da Reencarnação de Gurcius Gewdner” clicando neste link.

2 Respostas to “Any Day Now”

  1. uma cornucópia desvairada rompendo grilhões e chutando cplhões

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: