Flor de Lótus

Todo lugar esconde uma lâmina

todo movimento traz um corte

eu queria te livrar disso

eu queria você mais perto

sem nem precisar se adaptar a mim

vamos dormir

assistindo a um filme

e só toco se você permitir

seu cabelo

posso chegar mais perto

um braço alcançar tua cintura

respirar um pouco mais fundo

posso aspirar seu cheiro

posso fechar os olhos

agora?

Não há nenhum caminho que segui

trafiquei certezas por dúvidas

as abandonei em rodovias

desencontrei minha lógica

interrompi e fatiei raciocínios

surfei loops de oroboro

pra chegar de volta

a uma estrada vazia.

Podemos nos enganar

com pequenos bons momentos?

Podemos suplantar a dor

trocar o final trágico e a despedida

por qualquer sentimento simples

ou uma paisagem singela?

Pode me ensinar

você mais nova do que eu

como viver algo bom

sem estar sozinho

a despeito da chuva de canivetes

que literalmente cai lá fora?

Posso estar com você agora?

Qualquer coisa

que sabote essa tristeza

essa lógica cinzenta

sob qual as horas dos dias se alinham

sem acabar.

Posso sentir você

por um momento

e não acordar?

poesia de Rodrigo P. Martins

Rodrigo Martins

2 Respostas to “Flor de Lótus”

  1. Eu amo essa foto, e sou fã do cara que escreve essas poesias, meu grande amigo pra sempre ❤

  2. pô, Suellen, fã? hauahuahauahuha. Valeu mesmo, fico feliz que tenha gostado 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: