Arquivo para a noite do chupacabras

A Vingança dos Filmes B – Parte 2

Posted in Vídeo Independente with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on novembro 22, 2012 by canibuk

De 23 a 25 de novembro a Sala P. F. Gastal (3° andar da Usina do Gasômetro) recebe a segunda edição da mostra “A Vingança dos Filmes B”!

O termo “Filme B” surge durante os anos 1920 para classificar produções baratas de pequenos estúdios (westerns, suspenses, seriados de aventura), que serviam de complemento em sessões duplas para os filmes Classe A, ou seja, aqueles realizados pelos grandes estúdios com orçamentos milionários e grandes estrelas. Os “Filmes B” eram feitos a toque de corda, em poucos dias, com astros de terceira e orçamento irrisório. Existia uma área em Hollywood conhecida como Powerty Row (cinturão da pobreza), por reunir diversas produtoras independentes que forneciam filmes de baixo orçamento que eram comprados e distribuídos pelos grandes estúdios. Esse sistema funcionou até o final dos anos 1950, quando acaba a chamada “Era de Ouro de Hollywood”. Apesar da deturpação de seu contexto original, e das modificações na simbiose entre os grandes estúdios e os produtores independentes, o termo Filme B sobreviveu adquirindo conotações diferentes, mas ainda é uma boa definição para filmes de gênero realizados fora do sistema dos estúdios, com orçamento limitado, atores desconhecidos e temática fora dos padrões. Porém, hoje a tela dos cinemas é uma realidade distante para a maioria destas produções que lutam por um espaço público de exibição.

A mostra A Vingança dos Filmes B foi concebida para servir de vitrine para produções independentes que flertem com o cinema de gênero, funcionando como um espaço democrático onde coexistam os mais variados tipos de expressão cinematográfica, do horror à comédia, passando pelos filmes sci-fi e pelo cinema de ação, sem se importar com o orçamento investido (sejam produções rebuscadas ou de orçamento zero), ou com o suporte de realização. Produções em película, digital e VHS ocupando pacificamente o mesmo espaço. Um evento destinado ao resgate e a divulgação de filmes independentes, bizarros, engraçados ou assustadores, incentivando o público a dialogar com obras que dificilmente encontram espaço nas telas dos cinemas.

Chegou a hora dos independentes retomarem o seu espaço nas telas, mas não como meros coadjuvantes, e sim como atração principal! Está na hora da Vingança dos Filmes B-Parte 2!

escrito por Cristian Verardi, curador da Vingança dos Filmes B.

PROGRAMAÇÃO

A VINGANÇA DOS FILMES B – PARTE 2

(ENTRADA FRANCA / CLASSIFICAÇÃO: 16 ANOS)

 Sexta-Feira, 23 de Novembro.

19h30- Horror.Doc (72’), de Renata Heinz

(OBS: Após a sessão debate com Renata Heinz).

Sábado, 24 de novembro

15h- 20 Anos de Canibal Produções: Baiestorf – Filmes de Sangreira e Mulher Pelada (20’),Christian Caselli + Boi Bom (12’)  + Blerghhh!!! (50’). (Após a sessão debate com Petter Baiestorf)

17h30- Sessão Trash’O’Rama: Cachorro do Mato (15’), de Maurício Ribeiro + Amarga Hospedagem (60’), de Claúdio Guidugli. (OBS: Após a sessão debate com o realizador Cláudio Guidugli)

19h30- Sessão de Curtas I: O Solitário Ataque de Vorgon (6’), de Caio D’Andrea + Rango (6’), de Rodrigo Portela + Morte e Morte de Johnny Zombie (14’), de Gabriel Carneiro + Sangue e Goma (11’), de Renata Heinz + Vontade (10’), de Fabiana Servilha + Nove e Meia (20’), de Filipe Ferreira + Rigor Mortis (20’), de Fernando Mantelli e Marcello Lima. (OBS: Após a sessão debate com os realizadores)

(total: 87 minutos).

Domingo, 25 de Novembro

15h- A Noite do Chupacabras (95’), de Rodrigo Aragão

17h- Maldita Matiné: Testículos (15’), de Christian Caselli + Street Trash (1986)de Jim Muro (90’)

19h30- Sessão de Curtas II: Raquetadas Para a Glória (7’), de TV Quase + X-Paranóia (14’), de Cristian Cardoso e Felipe Moreira  + DR (10’),de Joel Caetano e Felipe Guerra + Confinópolis – A Terra dos Sem Chave (16’), de Raphael Araújo +  O Curinga (14’), de Irmãos Christofoli + Coleção de Humanos Mortos (20’), de Fernando Rick + Rackets in London- The Olympic Dream (7’), de TV Quase. (OBS: Após a sessão debate com os realizadores).

(Total: 89 minutos).

Para ler sobre os filmes que serão exibidos, acesse o blog de Verardi.

Catálogo Canibal Filmes 2012

Posted in Arte e Cultura, Camisetas, Nossa Arte, Vídeo Independente with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on agosto 20, 2012 by canibuk

CAMISAS

Canibal FilmesSomente na cor preta, tamanho M, G ou GG. Preço: R$ 30.00 – É a camisa oficial da mais antiga produtora independente brasileira, responsável por clássicos sangrentos (como “O Monstro Legume do Espaço” (1995), “Eles Comem Sua Carne” (1996), “Blerghhh!!!” (1996), “Zombio” (1999) e “Raiva” (2001), entre outros), histéricos (como “Super Chacrinha e seu amigo Ultra-Shit em Crise Vs. Deus e o Diabo na Terra de Glauber Rocha” (1997), “Gore Gore Gays” (1998), “Sacanagens Bestiais dos Arcanjos Fálicos” (1998), entre outros), divertidos (como “Criaturas Hediondas” (1993), “Caquinha Superstar a Go-Go” (1996), “Cerveja Atômica” (2003), “Ninguém Deve Morrer” (2009), entre outros) e momentos da mais pura experimentação radical (como “Chapado” (1997), “Bondage 2 – Amarre-me Gordo Escroto” (1997), “Não há Encenação Hoje” (2002), “Palhaço Triste” (2005), “A Curtição do Avacalho” (2006) ou “Vadias do Sexo Sangrento” (2008), e mais inúmeros outros. É a produtora que deu ao Brasil o legado de filmes como “Vai Tomar no Orifício Pomposo” (2004), “Arrombada – Vou Mijar na Porra de Seu Túmulo!!!” (2007), “Que Buceta do Caralho, Pobre só se Fode!!!” (2007) e “O Doce Avanço da Faca” (2010). Ao comprar e andar vestido com a camisa oficial da Canibal Filmes, todos seus amigos saberão que você apoia e investe na produção de filmes independentes.

O Doce Avanço da FacaSomente na cor preta, tamanho M, G ou GG. Preço: R$ 25.00 – Essa é a camisa oficial, de tiragem limitada e que não voltará mais para nosso estoque, do média-metragem gore feminista “O Doce Avanço da Faca”. Neste pequeno filme Petter Baiestorf e sua equipe de dementes voltaram seus olhos ao controle que os evangélicos tentam impôr à vida de todos. É um dos filmes brasileiros mais censurados de todos os tempos (perde somente para outras obras da própria Canibal Filmes, como “Deus – O Matador de Sementinhas” (1997), “Gore Gore Gays” (1998), “Boi Bom” (1998) ou “Arrombada – Vou Mijar na Porra do Seu Túmulo!!!” (2007), outras obras polêmicas dos Canibais do Sul do Brasil). Ao usar a camisa de “O Doce Avanço da Faca” você estará deixando bem claro que você não faz parte do rebanho, que você é um homem de espírito rebelde que clama pela liberdade individual, e livre arbítrio, de cada homem que vive neste planeta, com todos respeitando as diferenças e se fortalecendo com o apoio mútuo. Na foto ao lado Leyla Buk dá uma mostra de como as meninas podem costumizar suas camisas no conforto de seus próprios lares e deixar as camisas da Canibal Filmes ainda mais sexys.

Vadias do Sexo SangrentoSomente na cor preta, somente tamanho G. Preço: R$ 25.00 – Essa é a camisa comemorativa do clássico underground transgressor “Vadias do Sexo Sangrento”, filme de humor negro da Canibal Filmes onde o elenco inteiro interpreta nú a mais incrível sucessão de cenas de bom gosto do cinema brasileiro. Poucas peças dela no estoque e não será mais feita nenhuma. Se você ver alguém usando essa camisa vai saber na hora que é um dos poucos felizardos do mundo a ter essa magnífica camisa que atraí olhares por onde quer que passe, ou melhor, se você comprar agora uma das últimas peças será, com certeza, a pessoa mais descolada da festa, a pessoa cujo todos olhares serão direcionados e que chamará toda atenção. “Vadias do Sexo Sangrento” é um cult da Canibal Filmes que deixa todos molhadinhos!

ZombioSomente na cor preta, tamanho M, G ou GG. Preço: R$ 30.00 – “Zombio” (1999) é o primeiro filme autenticamente brasileiro a mostrar zumbis na tela, é um dos grandes clássicos sangrentos e alucinados do cinema brasileiro, é o filme de zumbi onde moscas perseguem a carne putrefacta dos zumbis e mostra o que seria a realidade fedida de um verdadeiro holocausto zumbi. “Zombio” se tornou uma peça cult na filmografia brasileira, um filme barato cheio de cenas hilárias (como o herói fazendo embaixadinhas com uma cabeça decepada) e que continua extremamente jovem e sempre conquistando novos fãs. É a camisa ideal para você comprar, vestir e sair por aí fazendo mais amigos! Vestindo uma camisa do filme “Zombio” todos saberão que você tem um senso de humor sádio, uma pessoa divertida capaz de rir das piadas mais politicamente incorretas,  uma pessoa que realmente vale a pena conhecer e se relacionar!

CanibukSomente na cor preta, tamanho M, G ou GG. Preço: R$ 30.00 – Essa é a camisa oficial do blog Canibuk que tem os leitores mais especiais do mundo. Canibuk foi criado por Petter Baiestorf e Leyla Buk em 2010 para a divulgação de cultura obscura e desde então se tornou uma marca da verdadeira cultura outsider, ponto de encontro de pensadores transgressores e leitores sedentos por informações do maravilhoso mundo da cultura independente. Canibuk está entrando no seu terceiro ano e criou essa linda camisa, com arte original de Leyla Buk, para que os leitores do blog possam passar a vestir a camisa do blog. A escolha de um punk prá ilustrar a camisa tem tudo haver com o blog que explora o faça você mesmo dos anos 1970 e 1980. Petter e Leyla, mesmo editando um blog, são eternos zineiros! Vista a camisa do Canibuk!!!

Accion MutanteSomente na cor preta, somente tamanho G. Preço: R$ 30.00 – Este filme não é uma produção da Canibal Filmes, mas é um dos filmes preferidos de Petter Baiestorf que, na falta de uma camisa oficial deste lindo filme, quis homenagear os 20 anos da produção de Álex de la Iglesia com uma camisa deste inacreditável clássico do cinema de humor negro. Foram feitas somente 10 peças desta camisa e assim que todas as peças serem vendidas não será mais colocada de volta ao estoque. Se você ainda não assistiu este filme saiba que está perdendo um dos maiores filmes de sci-fi gore do cinema mundial, é o filme que marca a estréia como diretor do genial Iglesia e trás participação de Santiago Segura em pequeno papel. Imperdível!!!

FILMES:

A Curtição do Avacalho (2006, 73 min.) de Petter Baiestorf. DVD simples – R$ 10.00.

Refilmagem livre de “O Incrível Homem Que Derreteu” (“The Incredible Melting Man“) transformada em história ateísta de histeria-pop com fundos de comédia anarquista na melhor tradição do cinema udigrudi brasileiro dos anos 60/70. Mais do que uma simples homenagem, “A Curtição do Avacalho” prova que é possível dar continuidade às experimentações do cinema Marginal adicionando um caldo gore-transgressor. O DVD ainda inclui os fantásticos extras: galeria de fotos da produção, roteiro, cenas deletadas, erros de gravação, trailer de produções independentes, o documentário “Baiestorf: Filmes de Sangueira e Mulher Pelada” (2004) de Christian Caselli e o mais genial menu-pegadinha de todos os tempos.

O Monstro Legume do Espaço (1995, 77 min.) de Petter Baiestorf. DVD simples. R$ 12.00.

Clássico do cinema underground brasileiro precursor de todas as produções do gênero que ganharam lançamento independente após “O Monstro Legume do Espaço” tomar de assalto a grande mídia nos anos 90 provando que era possível realizar o sonho do cinema com pouquíssimos recursos. Aqui um alienígena constituído de fibras vegetais chega ao planeta Terra e é aprisionado por um cientista. Com ajuda do coprofago Caquinha ele consegue escapar e promove um banho de sangue carregado de vísceras humanas. O DVD é um programa duplo que trás as duas primeiras partes de “O Monstro Legume do Espaço” (a original de 1995 e a segunda parte de 2006), com legendas em inglês, making off, erros de gravação, vídeo-clips, galerias de fotos e trailers de outras produções independentes.

Arrombada – Vou Mijar na Porra do seu Túmulo!!! (2007, 38 min.) de Petter Baiestorf. DVD simples. R$ 12.00.

Um traficante condenado é obrigado por um juiz de direito eleito senador duas vezes pelo voto popular à seqüestrar uma menina para saciar seus mais baixos instintos bestiais na companhia de seu médico particular punheteiro e seu padre amado. Muita putaria e violência no retorno de Baiestorf aos filmes de sexploitation carregados de críticas sociais. Masturbe-se e goze gostoso com este festival de estupros e o peculiar humor bizarro da Canibal Filmes. Por ser um média-metragem, o fantástico DVD de “Arrombada” ainda traz os curtas: “Que Buceta do caralho, Pobre só se Fode!!!” (2007, de Baiestorf), “Manifesto Canibal – O Filme” (2007, de Baiestorf e Souza), “O Nobre Deputado Sanguessuga” (2007, de Baiestorf), “Amigo Imaginário” (2007, de Baiestorf e Gurcius), “Dark Angel” (2007), “O Manjar dos Deuses” (2007, de Gustavo Insekto), “Apagogia” (2007, de Moacir Siso) e “Tudo Começou Quando Mamãe Conheceu Papai” (2007, de Gurcius Gewdner). Mais os maravilhosos extras com legendas em inglês, trailers, making offs, erros de gravação, entrevistas com Baiestorf, faixas de comentário em áudio com Baiestorf, Coffin Souza e Gurcius Gewdner e o documentário “Um Arrombado na Estrada”.

Zombio/Eles Comem Sua Carne (1999-1996, 45 min.-73 min.) de Petter Baiestorf. DVD simples. R$ 12.00.

Incrível double feature com dois clássicos do cinema gore brasileiro. “Zombio” é o primeiro filme com zumbis produzido no Brasil, conta a história de um casal de playboys ecologistas que vai namorar numa ilha deserta e encontra uma horda de zumbis canibais. “Eles Comem Sua Carne” mostra a hilária história de vida de um grupo de canibais anti-sistema que vive em harmonia devorando fiscais da prefeitura de Palmitos que vão cobrar o IPTU atrasado. Traz de extra os curtas “Zumbis do Espaço de Lá” (2008, de Larissa Anzoategui), “Colt Romero” (2008, de Cristian Verardi), o documentário “Andy – Chegando ao Zombio”, documentário “Revisitando o Set de Zombio 10 Anos Depois”, faixas de comentário em áudio, trailers, testes de FX e making off de Eles Comem Sua Carne.

Vadias do Sexo Sangrento (2008, 31 min.) de Petter Baiestorf. DVD duplo – R$ 17.00.

Como todo bom macho que pensa com a cabeça do pau, Russ começa a perseguir sua ex-namorada Mirza que o trocou por Tura, uma lésbica boa de língua e de bunda. Muita sangueira e sadismo na comédia romantica onde Baiestorf discute o relacionamento amoroso em nossa sociedade de forma quase adulta debochando dos clichês do gênero. “Vadias do Sexo Sangrento” é experimentalismo radical que dá seqüência as teorias do livro “Manifesto Canibal” (de Baiestorf e Coffin Souza), grande bíblia profana do cinema underground brasileiro. O DVD duplo traz ainda os curtas “Rottina” (2008, de Rodrigo Pedroso), “Palhaço Triste” (2005, de Baiestorf), “Dia de Ano” (2005, de Gurcius Gewdner), “Dominação Bizarra” (2004, de Zé Colmeia), o documentário “Vadias no Cinehorror 3”, legendas em inglês, dublagem em inglês, making off, erros de gravação, faixas de comentário em áudio de Baiestorf e Coffin Souza e entrevistas com Carli Bortolanza, Lane ABC, Ljana Carrion, Elio Copini, Everson Schütz, PC e Petter Baiestorf.

Triunvirato (2004, 55 min.) de Gurcius Gewdner – DVD simples – R$ 10.00

O dramático documentário sobre o processo de criação de Gurcius Gewdner como diretor e com o conjunto musical Os Legais. Mostrando as duras verdades da vida, causou comoção e ódio em todos os cantos do planeta onde foi exibido. Sinta o sabor da dor e da verdade neste documento chocante, revelador e repleto de suspense, que irá embelezar o vazio de sua vida. Um filme que ensina de maneira soberba a arte de ser picareta, as lições estão aqui, é só você destilar tudo, ruminar, aplicar na sua vida e ficar famoso. Extras: Legendas em inglês, galeria de fotos, trailers, jogo dos sete erros, making off, discografia de Os Legais e Os Legais em estúdio.

Mamilos em Chamas (2007, 80 min.) de Gurcius Gewdner – DVD simples – R$ 10.00

A saga do homem que trocou o ritmo alucinante da noite latejante pelas alegrias iluminadas do amor. Um filme que fará seu corpo e toda sua família explodir em prazer com as mais excitantes cenas de sexo e ação já gravadas no cinema brasileiro. É a emocionante história de um coelho perversamente dividido entre as delícias sem fim do prazer pulsante, a dura realidade do trabalho assalariado e a mais completa bestialidade, tudo isso em conflito com a descoberta do amor resplandecente. Poderá este homem aceitar o passado negro de sua amada e ajudá-la a recuperar seu pobre filho das mãos de malignos malfeitores? Erótico! Dramático! Místico! Relaxante! Romântico! Frenético! Assustador! Sem extras!

Confinópolis (2012, 15 min.) de Raphael Araújo. DVD simples. R$ 15.00

“Confinópolis” é um curta de Raphael Araújo com base em uma HQ dele mesmo que havia sido publicada na revista Prego anos atrás. A HQ virou um filme político de primeira grandeza, teorizando sobre um povo que se deixa governar por um tirano (que pode ser qualquer político, mesmo os políticos “bonzinhos”). Aqui vemos um lugar fictício onde as criaturas possuem uma fechadura no lugar do rosto e todos tem a esperança de que a salvação virá na figura de uma chave. Essa é a pequena deixa para que Araújo teorize sobre a manipulação política, sobre a televisão (um lindo flashback em animação – cortesia do artista Felipe Mecenas – explica como a sociedade ficou hipnotizada por milhares de caixas de luz hipnótica) e sobre como ações individuais podem fazer a diferença em uma sociedade. Quem fica em silêncio concorda com as atrocidades cometidas por políticos, religiosos, militares e imprensa, que sempre caminham de mãos dadas pelo jardim da tirania. Leia mais sobre este ótimo curta em “Confinópolis – A Terra dos Sem Chave“.

A Noite do Chupacabras (2011, 105 min.) de Rodrigo Aragão. DVD simples. R$ 20.00

A história de Douglas Silva (Joel Caetano), que retorna ao seu berço familiar no interior do Espírito santo, acompanhado de sua namorada grávida (Mayra Alarcón). Mas as coisas não estão bem para sua família, a morte de vários animais, reacende um antigo conflito com seus vizinhos agressivos e rivais, os Carvalho. Um rotineiro conflito de bar, quebra a trégua na guerra familiar e entre agressões, tiros e facadas, todos vão descobrir que um mal muito maior está entre eles: uma monstruosa e faminta criatura escondida na mata. Os Silva e os Carvalho, vão se matar e serem mortos pelo monstro, e ainda encontrar no caminho a figura mítica e também perigosa do “Velho-do-Saco” (Cristian Verardi). Douglas vai ter que provar a força que não se transformou em típico rapaz covarde da cidade grande e enfrentar a fúria do Chupacabras (Walderrama dos Santos) e do perigoso e demente Ivan Carvalho (Petter Baiestorf). Novamente como em “Mangue Negro” (2008), Rodrigo Aragão assume a direção, roteiro e efeitos especiais de maquiagem com extrema competência e grande parte do elenco também se divide em múltiplas funções técnicas, típico do cinema independente e de guerrilha. Um elenco afinado (e principalmente, escolhido “a dedo”), cenários naturais e muito bem fotografados e uma trilha sonora composta por grupos regionais como Vida seca, Pé do Lixo, Manguerê e Panela de Barro, que acompanha a trama de vingança, suspense e ação, sem cair no lugar comum de músicas eletrônicas, Rock pesado ou música Clássica de arquivo . A trama se desenvolve de forma natural, e para os impacientes com a demora da entrada do personagem-título em cena, a magnífica e original maquiagem “full-body” e a performance de Walderrama dos Santos enche os olhos e mostra que apesar da trama central ser focada na guerra interiorana entre famílias, este é sim , um filme de Monstro! Um monstro nacional (ou nacionalizado) e com todas as chances de ter uma carreira internacional, como aliás já está acontecendo: devagar, sorrateiro como um ataque de um Chupacabras! Leia mais sobre “A Noite do Chupacabras” aqui. Extras: Making of, galeria de fotos, trailers.

Se você se interessou em algum DVD, deposite o dinheiro na conta

BANCO DO BRASIL

Ag. 0736-6

Conta 16.625-1

Em nome de Iara Beatriz Padilha Dreher

Para maior agilidade, mande comprovante de depósito pro e-mail baiestorf@yahoo.com.br (no caso de não enviar comprovante em anexo ao pedido, levamos até 10 dias úteis para confirmar depósito).

Tendo feito pedido, não esqueça de enviar seu endereço postal para entrega dos DVDs para o e-mail baiestorf@yahoo.com.br

ENTRE EM CONTATO PARA CALCULARMOS O VALOR DAS DESPESAS POSTAIS. COMPRAS ACIMA DE R$ 100.00 O CORREIO É POR NOSSA CONTA.

Qualquer dúvida escreva solicitando informações para o e-mail baiestorf@yahoo.com.br

Exposição de FonzoSquizzo

Posted in Arte e Cultura, Pinturas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , on maio 23, 2012 by canibuk

Dia 15/05/2012 iniciou-se a primeira exposição individual do artista capixaba FonzoSquizzo em São Paulo, além de artista plástico Fonzo é conhecido por ser ator de filmes de terror, roteirista e escritor e principalmente como músico, há 2 décadas à frente da banda de freak rock Cannibal Clown (que só lançam músicas avulsas na internet desde o ep “The Freakest of the Freaks” (2000), o último lançamento físico da banda desde o debut álbum “Freaks Hits” (1998), depois desta época apenas compilações online como a coletânea “Dark Carnival” (2005), e este ano chegaram a compor música inédita com a formação clássica, “Dead Stars”, que deveria sair em uma coletânea de bandas a ser lançada nos EUA.

Inquieto, Fonzo participou ainda de outros projetos musicais como Orla Sônica, Golconda, Very Idiot People, Teoria do Cão e atualmente enquanto o Cannibal Clown está em um hiato artístico, junto com outros dois guitarristas de sua banda do coração e outros dois integrantes (ambos envolvidos com filmes de terror) acaba de montar o Kill The Mimes, com os guitarristas El Chackal, Mr.Sade, o técnico de efeitos especiais Alexandre Brunoro (que trabalhou nos filmes “A Noite do Chupa Cabras” e “Confinópolis”, além de também ser baixista da fantástica banda de grindcoresplattergore I Shit on Your Face) e, na batera, ninguém menos que o conhecido ator de filmes de terror Walderrama dos Santos. O primeiro single do “K.T.M. (I’m a Pitbull)” sai independente em breve.

Como escritor é autor de alguns roteiros, em andamento, colunista de sites como Espírito Rock, Intervenções Urbanas, Omelete Marginal, Overmusica e Musica Real.

Juntamente com o Cannibal Clown produziu a trilha sonora do espetáculo de horror interativo “Mausoleum”, trabalhou nos filmes do diretor Rodrigo Aragão “Mangue Negro” e “A Noite do Chupa Cabras”, e no curta de Raphael Araújo “Confinópolis”, dirigiu o seu próprio curta intitulado “Gentileza”, com participação de Joel Caetano (cultuado ator e diretor de filmes de horror paulista), Walderrama dos Santos, e com apoio técnico de Dani Bezerra, Mari Zani, Danilo Baia e Christian Verardi.

Fundador do movimento “Cinema Maloqueiro”, está gravando um documentário no Espírito Santo todo filmado com um celular Nokia 9000 e outro documentário com o videomaker Marcelo Castanheira provisoriamente intitulado “A Loja”.

Depois de desenhar HQs pra revista “Almanaque Gótico” a convite dos amigos Fábio Turbay e Fabrício Saadi Pagani e de fazer diversos projetos pessoais, iniciou trabalhos com shapes de sk8 e pranchas de surf, sendo convidado a customizar longs para o blog do amigo Alexandre Guerra, não demorou pra que os trabalhos ficassem conhecidos na internet, sendo convidado para participar de exposições como a “Brumas Negras” no ES, vindo em seguida o convite para participar do Projeto “O Crime do Teishuko” (o maior cartoon colaborativo do mundo) e em outubro passado foi chamado para desenhar ao vivo na Pixelshow, uma das maiores feiras de arte e design do mundo, por fim recém pintou o Giant Toy Art de São Paulo, transformando-o em um Zumbi e fez sua primeira exposição individual na Livraria HQMIX.

A Exposição de FonzoSquizzo vai até dia 26 de Maio na livraria HQMIX (rua Tinhorão 124, Vila Boim, Higienópolis, São Paulo/SP, em frente a FAAP), sempre das 9 da manhã às 22 da noite, até sábado agora. Contatos com o artista via e-mail: fonzosquizzo@gmail.com.

dica de Ramona de Ramones.

A Noite do Chupacabras em DVD

Posted in Cinema with tags , , , , , , , , , , , , on abril 11, 2012 by canibuk

Nesta sexta-feira 13 (de abril) será, finalmente, lançado o DVD de “A Noite do Chupacabras” (o atraso todo aconteceu por culpa de um erro de prensagem da fábrica (i)responsável pela produção do DVD). O DVD sairá por R$ 19.90 e pode ser encomendado no site da Fabulas Negras ou pelo e-mail de trabalho da produtora: vendas@fabulasnegras.com, também foram lançadas algumas camisetas do filme, como essa acima com Ivan Carvalho (interpretado por este que vos escreve) que estão com uma qualidade fantástica. Imperdível!!!

A Noite do Chupacabras” (2011) é a segunda parte da trilogia gore de Rodrigo Aragão iniciada em 2008 com o clássico “Mangue Negro” e que será finalizada com “Mar Negro”, que atualmente está em pré-produção (em breve postarei aqui matéria bem completa sobre os fantásticos monstros marinhos que Rodrigo está construindo para este filme).

“A Noite do Chupacabras” (2011, 104 min.) de Rodrigo Aragão. Com: Walderrama dos Santos, Joel Caetano, Petter Baiestorf, Mayra Alarcón, Kika Oliveira, Cristian Verardi, Fonzo Squizo, Reginaldo Secundo, Ricardo Araújo e Markus Konká. Direção de Fotografia: Secundo Rezende. Som: Hermano Pidner. Maquiagens: Rodrigo Aragão e Murillo Ribeiro. Produção: Kika Oliveira e Mayra Alarcón. Produção Executiva: Hermann Pidner.

O Papa-Figo

Posted in Quadrinhos with tags , , , , , , , , , , , , , , , , on dezembro 15, 2011 by canibuk

Na “Spektro” número 13 (dezembro de 1979) foi publicada a HQ “O Papa-Figo” (corruptela de Papa-Fígado), escrita e desenhada pelo Mano, que contava a história desta interessante criatura do folclore brasileiro, também conhecida pela alcunha de “Velho do Saco”, que no cinema nacional fez uma macabra aparição no longa-metragem “A Noite do Chupacabras” (2011) de Rodrigo Aragão, magnificamente interpretada pelo gaúcho Cristian Verardi.

Catavídeo 13

Posted in Arte e Cultura, Vídeo Independente with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on outubro 21, 2011 by canibuk

Pessoal de Florianópolis que sempre reclama que na Ilha não acontece nada, finalmente não poderá reclamar!!! A Décima Terceira Mostra de Vídeos Catarinenses vai acontecer do dia 05 a 12 de novembro ali pelo centro, desta vez com direito a filmes de horror e filmes polêmicos até então inéditos em Florianópolis e região. A abertura do Catavídeo Treze é dia 05, às 17 horas, com exibição do longa-metragem “Encarnação do Demônio” (2008) de José Mojica Marins, seguido de um debate com o realizador, na Fundação Cultural Badesc.

Os destaques desta edição do Catavídeo são as Sessões Malditas (sempre no Instituto Arco Íris). Dia 07, 22 horas, rola a exibição do imperdível longa “A Noite do Chupacabras” (2011) de Rodrigo Aragão, com presença do próprio e a minha também (representando todo o elenco do filme). “A Noite do Chupacabras” foi lançado em julho deste ano no festival FantasPoa de Porto Alegre e, desde então, já participou de vários festivais.

Dia 08 rola um debate comigo (agora representando a Canibal Filmes), Gurcius Gewdner e Saulo Popov Zambiasi às 21 horas, seguido de uma Sessão Maldita da Bulhorgia Produções com 80 minutos de curtas do Gurcius, entre eles “Freddy Breck Ballet” (2010), “Tudo Começou quando Mamãe Conheceu Papai” (2007) e vários outros.

Dia 09, as 22 horas, rola Sessão Maldita Canibal Filmes com minhas produções. Essa sessão é só com filmes casca-grossa, programei o cult “Deus – O Matador de Sementinhas” (1997), que sempre teve problemas de exibição e censuras de todos os tipos por mostrar uma visão de deus mais descontraído; “Manifesto Canibal – O Filme” (2007), que é a versão desconstruida em filme do livro “Manifesto Canibal” que escrevi em parceria com Coffin Souza; “Que Buceta do Caralho, Pobre Só Se Fode!!!” (2007), uma experimentação onde discuto a vida dos casais brasileiros e “O Doce Avanço da Faca” (2010), sobre religiosos fanáticos atacando pessoas que não se enquadram em seus dogmas divinos. A Sessão Maldita Canibal Filmes é prá maiores de 18 anos.

No dia 10 a Sessão Maldita é com a Conjuração Trash do Saulo Popov Zambiasi (já fiz participações especiais em alguns filmes do irmão de Saulo, como “Shuím – O Grande Dragão Rosa”, onde Saulo era a personagem principal), com títulos como “Carpindo os Corpos” (1997), “Corra Santiago” (2007) e outros.

A programação completa está no site do Catavídeo. A Fundação Cultural Badesc fica na Rua Visconde de Ouro Preto número 216, centro e o Instituto Arco Íris, local onde rola todas as Sessões Malditas, fica na Travessa Raticlif número 56, também no centro.

Fiquem com dois filmes que não serão exibidos no Catavídeo 13:

Riofan 2011

Posted in Cinema with tags , , , , on julho 21, 2011 by canibuk

Em Porto Alegre “A Noite do Chupacabras” (2011) de Rodrigo Aragão teve sua sessão de estréia lotada (muita gente ainda ficou de fora) e o pessoal delirou com as aventuras dos Carvalhos e seus inimigos Silvas às voltas com um sangüinário Chupacabras (que, arrisco dizer aqui, é o primeiro chupacabras da história do cinema convincente). Pessoal do Rio de Janeiro vai poder conferir o filme do Aragão nos dias 22 e 23 de julho (sexta-feira e sábado agora) às 20 horas na Sala 1 da Caixa Cultural, que fica na Av. Almirante Barroso 25, centro da Cidade Maravilhosa. Arranje um tempinho nesta sexta-feira e vá pro cinema ver minha luta contra a criatura (sim, faço o personagem Ivan Carvalho, o herói que mais dá trabalho pro Chupacabras). Acompanhando o filme estarão por lá Rodrigo Aragão (diretor/roteirista e técnico de efeitos), Walderrama dos Santos (que interpreta o fantástico Chupacabras) e o Joel Caetano que faz o verdadeiro vilão do filme! IMPERDÍVEL!!!

Eu, Baiestorf, o herói que luta contra o Chupacabras.

Aliás, hoje (dia 21), vai rolar, às 14 horas, curtas do Joel Caetano (“Gato” e “Estranha”, já resenhado aqui no blog) e às 18 horas rola exibição do hilário “Entrei em Pânico ao Saber o que vocês fizeram na Sexta-Feira 13 do Verão Passado 2” (2011) do Felipe Guerra.

Segue link com a programação completa:

http://www.riofan.com.br/programacao.html

Único ponto negativo do Festival é que a Caixa Federal Econômica, patrocinadora do evento, proibiu a exibição do filme “Srpski Film” (“A Serbian Film”, 2010) de Srdjan Spasojevic. Lamentável isso, como forma de protesto vou fechar minha conta pessoal na Caixa Econômica porque não pretendo continuar dando dinheiro para censores!!!

Boa diversão!!!

Veja os trailers: