Arquivo para acrílica sobre tela

My Body

Posted in Nossa Arte, Pinturas with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , on maio 4, 2012 by canibuk

50X70, acrílica e lápis aquarelável sobre tela.

Finalmente terminada, pelo menos nesse momento. Se ela continuar comigo por muito tempo eu acabo fazendo pequenos ajustes. Terminei esta tela ontem. Ela abre uma série de estudos que comecei a fazer de um estilo mais sujo, algo que imaginei ser mais fácil (não que eu estivesse buscando este caminho, gosto de desafios), mas percebi que não é tão fácil como parece enquanto executava esse aí.  A maioria das pinturas que começo passam por mudanças incríveis até  a finalização. As garotas vão criando personalidades próprias e os caminhos vão aparecendo naturalmente. Essa começou assim:

Abandonei essa tela por uns dois meses mais ou menos enquanto  não sentia o momento certo de terminá-la. Comecei a achar que ela não ia andar, que eu não ia conseguir achar o que queria exatamente. Mas sempre é algo extravagante que falta e geralmente tenho que fazer alguma mudança drástica pra que eu volte a gostar da peça de novo. Quando retornei, ela pedia um cabelo bagunçado e extravagante e a aberração de um crânio incrustado na pele. Também senti a necessidade de deixar a pintura menos limpa, de “lamber” menos as pinceladas, deixar um resultado mais cru e sujo, o que casou bem  minha necessidade de exercitar o estilo com a personalidade dela. É difícil conseguir alguns efeitos com a tinta acrílica, pois a secagem é muito rápida, mas facilita quando não precisamos misturar tanto camadas e mais camadas pra conseguir resultados mais realistas. Apesar de já usar acrílica há algum tempo, pretendo trabalhar com óleo em breve. É uma das minhas metas pra logo menos.

Pra tatuagem usei lápis preto aquarelável. O lápis dá uma sutileza maior aos traços e pra detalhes como tattoos numa pintura tenho achado perfeito.

Detalhe da tattoo – uma referência à cena do filme “O Sétimo Selo” de Bergman, jogando xadrez com a morte. Um dos meus filmes preferidos.

Já estou trabalhando em outras telas que darão seguimento a uma nova série, são estudos, exercícios de estilo que em breve divulgarei por aqui e em todas as outras páginas. Para saber mais detalhes e preços e ver outras telas disponíveis, visite Leyla Buk PaintIngs

Para acompanhar as atualizações dos meus trabalhos, siga minha página no facebook: Leyla Buk Artwork

Seja feliz, Palhaça Triste!

Posted in Buk & Baiestorf, Nossa Arte with tags , , , , on abril 30, 2012 by canibuk

Palhaça Triste”  copyright © Leyla Buk, 2009, 40×50, acrílica sobre tela.

.
Há mais ou menos três anos nascia a Palhaça Triste (palhacita para os íntimos) e depois de tantas alegrias e tristezas divididas ela foi finalmente vendida.

Ainda não aprendi a me desapegar das minhas garotas. Acho super complicado vender uma tela,  deixá-la ir, embora eu saiba que é pra isso que estão por aí.

Esta é uma das minhas primeiras telas e é a favorita de muita gente. Pintei este quadro para expressar um momento e ao mesmo tempo homenagear o “Palhaço Triste”, um dos filmes que mais gosto da Canibal Filmes.

"Palhaço Triste", de Petter Baiestorf.

"Palhaço Triste", 2005, de Petter Baiestorf.

Lembro-me bem do dia em que pintei este quadro, meu humor não andava bom,  meu emocional oscilava todo o tempo e eu estava triste, presa num tempo onde um sonho parecia se desmanchar. O quadro é leve, bonito, mas o instante é sutilmente triste.

Dá uma dorzinha no coração me livrar dela, mas fico aliviada por saber que estará com alguém que a adora e realmente vai cuidá-la muito bem.

Seja feliz, palhacita, desculpe-me por prendê-la aí neste momento melancólico. Liberte-se!  Te amo!

Para ver minhas outras telas visite a página (algumas ainda estão disponíveis):  http://leylabukpaintings.tumblr.com/

“Bloody Catrina” VENDIDO.

Posted in Arte e Cultura, Arte Erótica, Nossa Arte with tags , , , , , , on agosto 17, 2011 by canibuk

Queria ter feito este post antes aqui só pra marcar, mas não deu. Este quadro foi pra parede do nosso querido amigo Erivaldo Mattus.

Aproveite e cuide bem dele, putão! Ele me rendeu muitas noites em claro e crises de ansiedade, ahahahaha.

“Bloody Catrina”, 50×70, acrílica sobre tela, 2011

 

Pedidos e qualquer informação pelo e-mail leylalua@hotmail. com

Para ver mais artes minhas visite minha galeria no Deviant: http://leylabuk.deviantart.com/

Arte de Leyla Buk – Deviant Girls

Posted in Arte e Cultura, Arte Erótica, Fetiche, Nossa Arte with tags , , , , , , , , , , , , , , on agosto 4, 2011 by canibuk

Há dois anos comecei a pintar quadros, sem intuito nenhum de comercializar nem nada do tipo. Meu primeiro foi, na verdade, um quadro de colagens feito com papelão, eu tinha acabado de mudar de ap e a casa tava cheia de papelão, encontrei uma utilidade praquilo e transformei num quadro. Em seguida pintei minha primeira freak girl, a “Skullrain“, e fiquei admirada com a quantidade de comentários e elogios que recebi com esse quadro. Aliás, é bem interessante ver como as pessoas aqui no Brasil adoram e valorizam a arte, elogiam pra caralho, mostram-se super interessadas, mas o primeiro impulso é o de pedir o trampo de graça, ninguém quer pagar por nada, acham que artista é tudo rico e que materiais e o tempo que gastamos trabalhando não significa nada. Quem acompanha o processo todo sabe o quanto é difícil e quanto trabalho dá, exige tempo e dedicação, costas fudidas, tensão, ansiedade e grana, sim. Mas não vou me alongar com isso porque é algo que me indigna e periga eu não conseguir mais parar de falar.

Hoje devo ter por volta de 24 telas, em sua maioria mulheres que trazem muito de mim e do que gosto. Algumas já foram vendidas, já ganharam o mundo (arte é pra isso!), mas muitas ainda estão disponíveis para venda. Quem se interessar basta entrar em contato.  Lembrando que voltei a aceitar encomendas, minha única exigência é que me dêem a liberdade de criar.

Quem tiver algum pedido pode entrar em contato comigo pelo e-mail leylalua@hotmail.com ou pela minha página no facebook http://facebook.com/leyla.buk e trocamos idéia.

Algumas das minhas garotas:

“SkullRain”, 20×60, 2009 – Indisponível

“RockaCherry”, 30×30, 2009 – Vendido

“À Meia Noite Te Levarei Flores Mortas”,  70×100, 2009 – Disponível

“June”,  30×60, 2009 – Disponível

“Bitch-Absinthe Cryin'”, 40×40,  2009 – Disponível

“Never Forget, Never Forgive”, 40×40, 2010 – Disponível

“She’ll Swallow Your Cum… And Your Blood.”, 40×60, 2010 – Disponível

“Palhaça Triste”, 40×50, 2009  – Disponível

“Para Madeleine”, 40×50, 2010 – Indisponível

“A Faca”,  50×70, 2011  – Indisponível

“Bloody Catrina”, 50×70, 2011 – Vendido

Para ver os trabalhos com mais detalhes é só ir na minha página no DeviantArt que tá linkada aqui do lado no blog.

A Faca.

Posted in Nossa Arte with tags , , , , , on fevereiro 3, 2011 by canibuk

A Faca”, acrílica sobre tela, 50×70, 2011.


Pintar esse quadro foi uma experiência nova porque além de toda paciência e cuidado que acabei desenvolvendo com mais afinco neste trampo, ele ainda foi pintado numa tela reaproveitada, algo que eu nunca tinha feito antes e decidi testar já que tinha uma tela abandonada por aqui com uma pintura que eu tinha deixado inacabada no meio do ano passado e que não me agradava muito. Apesar da qualidade dessa tela não ser das melhores e este trampo ter sido apenas um teste, uma experimentação (não está à venda), é um dos que mais curti fazer e com um resultado que me deixou bastante satisfeita, sem contar a experiência nova que foi reutilizar uma tela que poderia ter ficado parada e jogada pelos cantos sem nenhuma utilidade. Então fica a dica pra quem pinta e tem alguma tela abandonada e não sabe o que fazer com ela, reaproveitem e aproveitem isso pra fazer novas experimentações!

*Eu reaproveitei essa tela passando apenas algumas camadas de tinta acrílica branca por cima, mas se a pintura de baixo estiver muito grossa também pode-se raspar com uma espátula e só então começar uma nova pintura.

*Outra dica é passar uma lixa média  na antiga pintura e depois aplicar uma camada de latex branca dissolvida em um pouco de água ou uma mistura de tinta branca de titânio e gel secante da acrilex.

 

Leyla Buk Art: http://leylabuk.deviantart.com/gallery/