Arquivo para calafrio

Histórias em Quadrinhos Curtas

Posted in Quadrinhos with tags , , , , , , , , , , , , , on fevereiro 12, 2015 by canibuk

Por toda a década de 1980 fui um leitor voraz de quadrinhos. Como era criança/pré-adolescente, uma coisa que me chamava bastante atenção eram pequenas histórias em quadrinhos de no máximo 3 páginas. Resolvi digitalizar algumas para compartilhar com os leitores do Canibuk.

Calafrio era uma publicação da Editora D-Arte de Rodolfo Zalla e Eugênio Colonnese. Em seus primeiros números traziam uma série chamada “Mistérios do Mundo” onde, em apenas uma página, apresentava fatos curiosos. Digitalizei duas da “Calafrio” número 2 (1981).

Calafrio2

Calafrio2_O Gato PretoCalafrio2_A DespedidaOutro tipo de publicação comum na “Calafrio” eram alguns posters muito bacanas, como este publicado na “Calafrio” número 26 (1985), de Aloíso de Castro (fiz uma montagem rápida das duas páginas escaneadas).

Calafrio26

Calafrio26_montagemE, por herança das publicações da Editora Vecchi, a “Calafrio” sempre publicou material inspirado em nossa cultura, como essa linda quadrinização da música “Asa Branca”, de autoria da dupla Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira (foi publicado em sua edição número 28 de 1985).

Calafrio28

Calafrio28_Asa Branca_1Calafrio28_Asa Branca_02Calafrio28_Asa Branca_3Em outras revistas do gênero também era tradição a publicação de HQs curtinhas, maioria das vezes para fechar o número de páginas mesmo. “Terror Negro” foi uma revista em quadrinhos que trazia trabalhos de horror ao mercado brasileiro dos anos de 1980. Foi editada pela Editorial Cunha Ltda. e costumava publicar pequenas histórias.

Terror Negro1Terror Negro1_A Profecia de MorteClaro que publicar HQs de poucas paginas não eram uma exclusividade das editoras brasileiras. Digitalizei também uma pequena historinha publicada em 1981 pela “Weird War Tales” número 104 (de 1981), uma revista editada pelo pessoal da DC Comics.

Weird War Tales104Weird War Tales104_Roll For Your Life_1Weird War Tales104_Roll For Your Life_2por Petter Baiestorf

Samara!

Posted in Quadrinhos with tags , , , , , , , , , , , , , , , on novembro 18, 2012 by canibuk

Nos anos de 1980 o desenhista Rodolfo Zalla lançou a revista “Calafrio” que publicava, à exemplo da “Spektro” (e outras revistas da Editora Vecchi), quadrinhos nacional. Com uma gama de incríveis colaboradores brasileiros, “Calafrio” e sua irmã gêmea “Mestres do Terror”, faziam a pequena editora D-Arte ser notada. Resolvi resgatar a HQ “Samara!” com roteiro de Gedeone e arte de Eugenio Colonnese, essa HQ foi publicada na “Calafrio” número 2 (1981). Dois anos atrás, com benção do próprio Rodolfo Zalla, produtores de São Paulo ganharam os direitos de produzir um filme em episódios baseado nos quadrinhos da “Calafrio” (que seria dirigido pelo quarteto Rodrigo Aragão, Joel Caetano, Felipe Guerra e Petter Baiestorf). Infelizmente o projeto parece estar parado!

Zombaria!

Posted in Quadrinhos with tags , , , , , , , , , , , , , , , on outubro 26, 2012 by canibuk

Cada vez que digitalizo alguma HQ me dou conta do quanto minha infância foi rica e maravilhosa. Fui criança num tempo em que você chegava numa banca de revistas e tinha uma infinidade de títulos para comprar. Hoje resolvi resgatar a HQ “Zombaria!”, com roteiro de Gilberto Britto e desenhos de Murilo Moutinho, que foi publicada na revista “Almanaque de Terror” número 1 em março de 1982 pela editora Vecchi.

A Dama Sinistra

Posted in Quadrinhos with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on julho 7, 2012 by canibuk

“A Dama Sinistra” é uma HQ do desenhista/roteirista Mano, originalmente publicada na revista “Pesadelo” número 3 (novembro de 1980) pela editora Vecchi. Elmano Silva Santos é o verdadeiro nome deste versátil artista que durante as décadas de 1970 e 1980 publicou na “Spektro”, “Sobrenatural”, “Calafrio”, “Mestres do Terror”, “Coleção Assombração” e várias outras revistas, tendo criado interessantes séries/personagens que envolviam o folclore brasileiro, como “Boiúna”, “O Homem do Patuá”, “Sinhá Preta”, “A Botija Sinistra”, entre outras. Nascido em Recife/PE, Mano vive atualmente no Rio de Janeiro e continua produzindo quadrinhos (embora hoje o mercado editorial de quadrinhos no Brasil se encontre estagnado). Para ler mais uma história de Mano, clique em “O Papa-Figo“.

O Ogro

Posted in Animações, Cinema with tags , , , , , , , , , , , , , , , on dezembro 7, 2011 by canibuk

“O Ogro” (2010, 8 minutos) de Márcio Júnior e Márcia Deretti, baseado nos quadrinhos de Júlio Shimamoto e Antônio Rodrigues, direção de arte de Júlio Shimamoto, direção de animação de Wesley Rodrigues e trilha sonora de Dênio de Paula.

Numa noite de tempestade um cavaleiro medieval procura pelo Ogro, uma mítica criatura que teria sido expulsa do paraíso pelo próprio criador, e em sua busca acaba encontrando outro cavaleiro que lhe conta que lutou contra o Ogro e descreve seu encontro com a criatura, revelando-lhe uma terrível surpresa final.

Segundo Márcio Júnior, em entrevista para Matheus Moura, ele perguntou para Shimamoto qual era a HQ que ele gostaria de ver transformada em animação e a resposta foi “O Ogro”, HQ originalmente publicada em 1984 na “Calafrio” número 27. E o visual do curta-metragem é uma magnífica homenagem aos quadrinhos e ao estilo único de Shimamoto desenhar. Na mesma entrevista concedida ao Moura, Márcio conta ainda que Shimamoto estava meio encabulado com o projeto em seu início, mas que depois tomou gosto pela produção e acabou sendo o diretor de arte, uma acertada escolha, que garantiu uma qualidade excepcional ao visual do curta, com momentos verdadeiramente tétricos e soturnos. Os fãs do Shimamoto, entre os quais me incluo, agradecem. A única falha desta produção que levou quase dois anos de produção e contou com patrocínio da Agência Goiana de Cultura Pedro Ludovico Teixeira e do Governo do Estado de Goiás, na minha opinião, é o final um tanto clichê, algo que sempre me irritou nas HQs publicadas pela revista “Calafrio”, que era bastante ingênua e suas HQs sempre tinham finais previsíveis. Márcio e Márcia poderiam ter modificado o final para algo menos clichê e mais intenso (se bem que o final clichê não atrapalha em nada o curta, então é uma opção válida).

Shima e os diretores.

Márcio Júnior é músico e agitador cultural, é vocalista da banda Mechanics e principal organizador da Mostra Trash de Goiânia, festival de cinema bagaceiro, sem premiações, criado em 1999 e que é uma referência na exibição de obras de produtores independentes, é o Sundance (só que divertido) do cinema brasileiro. Márcia Deretti é a coordenadora do FICA animado, também agitadora cultural sempre criando novos projetos culturais.

Abaixo o teaser do curta e recomendo uma visita no SITE OFICIAL do “O Ogro”.

CineFantasy 2011: Novidades

Posted in Arte e Cultura, Cinema with tags , , , , , , , , , , , , on outubro 24, 2011 by canibuk

Duas novidades extremamente interessantes do CineFantasy deste ano (que vai acontecer no final de novembro):

A primeira é o curso de efeitos especiais com Rodrigo Aragão, que já está com vagas abertas. São 12 horas de curso que tem como objetivo capacitar profissionais técnicos para trabalhos audiovisuais e ao final do curso os alunos irão colocar em prática os ensinamentos de maquiagem aprendidos numa “Monster Walk”.

Rodrigo Aragão, Coffin Souza e eu em Porto Alegre.

Rodrigo Aragão trabalha com efeitos especiais a quase 20 anos, já participou de mais de 25 peças de teatro, 15 curtas e é o diretor de dois filmaços do gore brasileiro, o cult “Mangue Negro” (2008) e “A Noite do Chupacabras” (2011).

A oficina de maquiagens e efeitos especiais com o Rodrigo Aragão vai acontecer dias 25 e 26 de novembro, a inscrição custa R$ 70.00 e são somente 20 vagas (que ganharão a camiseta oficial gratuíta). Na oficina serão abordados a história das maquiagens, explanação sobre os materiais (cosméticos artísticos e técnicos), bases e solventes para pigmentação (óleo, água e álcool), técnicas de criação de ilusão de profundidade através da pintura, fábricação de massa moldável e como aplicar, abordagem dos efeitos com gelatina, construção conceitual e física das personagens e a criação prática das personagens para a “Monster Walk” invadir os botecos da noite paulistana. Local da oficina: Espaço CineFantasy, Av. Dr. Arnaldo 1620, informações pelo e-mail oficinas@cinefantasy.com.br

E a segunda novidade, válida somente para a região sudeste, é o concurso cultural “O Jurado é Você”. Com o objetivo de tornar o prêmio “Melhor Filme pelo Júri Popular” (curta e longa) uma categoria cada vez mais séria e respeitada, o CineFantasy abriu um concurso que irá selecionar 10 pessoas que integrarão o grupo do Júri Popular do festival, que irão acompanhar toda a programação competitiva do festival gratuitamente, com viagem, hospedagem e jantares pagos pela organização do CineFantasy.

Para participar, envie até dia 04 de novembro uma crítica sobre o seu filme preferido do gênero fantástico, mas antes leia o regulamento para saber como fazer tudo direito e boa sorte à todos do Canibuk.

Os realizadores Joel Caetano, Rodrigo Aragão, eu, Felipe Guerra com os organizadores do CineFantasy, Eduardo Santana e Vivi Amaral (frente) e Pomba e Walderrama dos Santos.