Arquivo para como irritar dândis do hardcore

Como Irritar Dândis do Hardcore

Posted in Cinema, Vídeo Independente with tags , , , , , , , , , on fevereiro 25, 2012 by canibuk

“Como Irritar Dândis do Hardcore – Lições Práticas Vol. 1” (2012, 15 min.) de Gurcius Gewdner. Com: Mini-Mulamba, Rachel B., Sarah Pusch, Arnaldo Tünner, Gurcius Gewdner e Dog Eat Dog.

Me sinto meio responsável pela sorte da musa mini-mulamba que, hoje, faz Filmes Maravilhoso com o Gurcius Gewdner. Explico: Alguns anos atrás, quando Gurcius ainda morava em Florianópolis, fui comprar pão na padaria Golfinho numa das pausas de edição de algum filme meu que estávamos montando, e na volta encontrei um gatinho abandonado faminto, dei pão prá ele e deixei que ele me seguisse até na casa do autista… ops, artista. A primeira vista vi que Gurcius não gostou muito de ter que dividir sua miséria com um gato (que na verdade se revelaria depois uma gata), mas fui taxativo com todo meu senso de humor baiestorfiano que meus amigos pessoais conhecem bem, dizendo para Gurcius algo na linha de “tu vai cuidar deste gato ou te encho de porrada!” e não deu outra, ao final de dois dias Gurcius já estava apaixonado pela gatinha, lhe dando o nome de Mulamba. Algum tempo depois Mulamba deu a luz à Mini-Mulamba, musa felina de Gurcius que tem estrelado vários de seus filmes, como “Sou um Pequeno Panda” e este “Como Irritar Dândis do Hardcore”, título inspirado no clássico “How to Irritate People”, estrelado por John Cleese.

Neste curta Gurcius nos conta a história de um gato astronauta que dá rasantes no espaço sideral enquanto revisa sua própria vida, poucos segundos antes de ser atropelado por um meteoro que iria atingir o planeta Terra. Ao mesmo tempo agentes criminosos internacionais tentam fechar sites de download e adolescentes incomodam uma banda de hardcore jovem com câmera-olho inconveniente.

Este curta foi realizado entre 1997 e 2012 com uma câmera VHS-C (emprestada), uma máquina fotográfica (emprestada), um celular (emprestado) e imagens de arquivo (roubados). Mais Kanibaru Sinema (do Manifesto Canibal) impossível!!! Gurcius homenageia aqui a internet livre se apropriando das teorias cinematográficas de gênios como Vera Chytilóva, Ivan Cardoso, Jonas Mekas, Nilo Machado e Christian Caselli. O curta pode ser visto via vimeo e mais do pensamento de Gurcius Gewdner pode (e deve) ser estudado nesta completíssima entrevista que realizei com ele para o Canibuk em 2011.