Arquivo para humor inglês

Monty Python’s Flying Circus

Posted in Televisão with tags , , , , , , , , on outubro 18, 2010 by canibuk

Sou fanático pelo grupo de humoristas britânico Monty Python e em 2008 foi lançado aqui no Brasil em DVDs a temporada completa do programa deles que era exibido na BBC1. Sairam 4 DVDs (as três primeiras temporadas em DVDs duplos e a quarta temporada em DVD simples), totalizando os 45 episódios que foram ao ar. Ficou faltando de extra os dois programas especiais feitos para o canal alemão Westdeuscher Rundfunk, em 1972, que atendia pelo nome de “Monty Python’s Fliegender Zirkus” (que poderiam estar, na minha opinião de fã fanático, num segundo DVD junto da quarta temporada).

O primeiro episódio foi ao ar dia 05 de outubro de 1969 e foi o nascimento de um programa clássico da TV mundial (tanto que foram copiados por humoristas do mundo inteiro, e ainda hoje são copiados, por exemplo, aquelas velhas batendo palmas que as vezes aparecem no programa “Pânico na TV” é tirado do programa do Monty Python e, durante as olimpíadas de 2008, vi este mesmo programa copiar uma Sketch inteira – aquela onde um cara luta contra si próprio).

“Monty Python’s Flying Circus” era anárquico, ousado e surreal até a medula, não poupava ninguém (seus alvos preferidos eram militares, políticos, nobreza, religiosos e a própria BBC). Os pythons foram reunidos pelo produtor de comédias da BBC, Barry Took. Antes disso eles já trabalhavam em duplas: John Cleese e Graham Chapman trabalhavam no programa de TV “The Frost Report” onde muitas vezes davam as caras Michael Palin e Terry Jones. Michael Palin também trabalhou no programa “Do Not Adjust Your Set” por onde transitavam Eric Idle e Terry Gilliam. Daí foi um pulo até um canal de TV resolver colocar todos eles num único programa. Diz a lenda que Barry Took (que também era roteirista em parceria com o comediante Marty Feldman que depois ficou conhecido atuando nos filmes do Mel Brooks) queria um programa com Cleese e Palin juntos, mas cada um deles exigiu a contratação de um colega e assim Chapman e Jones foram incorporados. Eric Idle era, além de roteirista, compositor e foi chamado e Gilliam, que chamava atenção com suas animações, também. Criou-se então o que viria a ser conhecido por Monty Python.

Fiz uma pequena seleção de sketches do grupo que estão disponíveis, com legendas em português, no youtube.