Arquivo para mason

A Mais Vadia 2

Posted in Arte Erótica with tags , , , , , , on fevereiro 11, 2011 by canibuk

“Slutwoman Vol. 2” (“A Mais Vadia 2”, 2008, 199 min.) de Mason, com Annette Schwarz.

Esse vídeo pornô é uma bagunça prá se conseguir informações precisas, no IMDB diz que a segunda parte dele foi feita em 2008 e a primeira parte em 2009 e aqui no Brasil a distribuidora Platinum Plus fez mais bagunça ainda ao intitular as duas partes do vídeo como “A Mais Vadia 2” (sim, os dois tem o mesmo título nacional num descuido da distribuidora). Mas informações num vídeo pornô é o que menos importa, já que nosso negócio é ver sexo feito com vontade. Este vídeo estrelado pela alemã Annette Schwarz é a parte 2 da série “Slutwoman” dirigida/criada pela Mason. Este vídeo, tanto Leyla quanto eu, adoramos e fica aqui a dica para vocês assistirem juntinhos com seus parceiros prá apimentar ainda mais o sexo. Annette fode com muita vontade e consegue passar toda a alegria que sente transando para os espectadores do vídeo. Nesta segunda parte do “Slutwoman”, na primeira cena, Annette e outra loirinha são fodidas por um cara numa casa sem móveis. A segunda cena começa com Annette estuprando um cara num quarto de hotel com uma gozada a distância onde a porra cai sobre o colchão e Annette vai limpando gotinha por gotinha. Na terceira cena Annette chupa o pau e o cu de 8 negros com físico de pessoas comuns e toma um banho de porra, nesta cena há empolgantes gargantas profundas com Annette engolindo inteiro paus enormes. Na quarta cena Annette é estuprada num hangar de aviões, o cara fode sua boca (numa deliciosa cena onde o rosto dela fica contra o chão de cimento) e somos brindados pelas melhores cenas de brutal throat desta produção, culminando com nossa diva fazendo uma carreira de porra para logo em seguida cheirar essa porra como se fosse uma carreira de coca. Delícia demais!!! A quinta e última cena é a mais calminha de todas com Annette estuprando um ator loirinho que tem a maior pinta de ser gay (ele fode ela fazendo um puta esforço).

“Slutwoman Vol. 1” (“A Mais Vadia 2”, 2009, 214 min.) de Mason com Kristina Rose.

Já que no Brasil existe dois vídeos com o título “A Mais Vadia 2”, sou da opinião que temos que aproveitar os dois exercitando a tolerância. Este primeiro “Slutwoman” é estrelado pela gracinha Kristina Rose que abre o filme com uma cena lésbica onde ela interpreta uma recruta que é molestada sexualmente por uma capitã sapata do exército americano. Na segunda cena Kristina Rose enfrenta com prazer sua primeira DP (dupla penetração, para os leigos). Na terceira cena, minha preferida, Kristina fica abordando estranhos na rua (caras que tem o rosto escondido por censura óptica), culminando numa punhetinha que ela bate para um dos sortudos desconhecidos dentro de um carro. Na quarta cena Kristina chupa 5 carregadores de um depósito e, depois de ficar com o rosto e corpo cheio de porra, sai pelas ruas toda esporrada, deixando a cena extremamente sexy. Na quinta cena ela transa na garagem de um prédio e depois disso parte prá última cena que rola joguinhos de dominação com outra beldade até acabarem sendo fodidas por um cara.

Ao falar destes dois filmes, fiquei pensando: Hoje em dia, época em que vivemos com maior liberdade política e maior acesso às informações, percebo as pessoas cada vez mais puritanas e vazias (vegetativas) e acham que vão preencher esse vazio com espiritualidade e fé no invísivel todo poderoso criado à sua semelhança (algo como encher um cantil de ar e acreditar cegamente que este ar vai matar sua sede). Nesta época em que a violência é tão banal, onde cineastas podem mostrar uma cabeça sendo, graficamente, esmagada e não chocar mais ninguém, ainda temos os puritanos de plantão reclamando de qualquer cena com um pênis entrando e saindo de uma vagina. Aliás, já vi muito puritano chamando de pornográficos filmes eróticos artísticos, sinto dizer, mas pornografia linda e sadia mostra pau entrando e saindo na buceta lubrificadinha cheia de desejos, mostra suor, mostra líquidos, gemidos e gozo facial que sempre torna as produções mais excitantes. Sexo explícito é amor!!! Puritanos no lar, na sociedade, mas quando podem fugir para um puteiro o fazem e pedem para as putas chuparem seus paus cristãos e massagearem com os dedos seus cuzinhos católicos. São contra as putas , suas filhas e esposas não são depravadas sexuais (precisam sofrer com eles o tedioso “papai e mamãe”, no escuro, embaixo dos cobertores, porque gente de família não mostra suas vergonhas para os outros!), mas quando sozinhos, esses mesmos puritanos da sociedade, vão avacalhar com as putas: “Tô pagando, ninguém está vendo, então posso tudo!!!”, pensam na sua cabecinha hipócrita cheia de preconceitos.

Pois é né?… Sexo só às escondidas???… Boa punhetinha às escondidas, puritanos!