Arquivo para noise

U – Projeto Industrial de Experimentações Sonoras de um Não-Músico

Posted in download, Música with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on abril 9, 2019 by canibuk

Nessa semana lancei o novo EP do projeto industrial U, que se chama “Fim de Mundo” e está disponível no meu Bandcamp.

“Fim de Mundo” apresenta duas composições: “Fim de Mundo” e “E o Caos que se Segue”, dando sequencia as experimentações que realizei com theremin/sintetizador/white noise nos dois álbuns anteriores, “Involução no Terceiro Planeta” (2018) e “O Som dos Planetas” (2019).

O EP pode ser ouvido pelo bandcamp: FIM de MUNDO (EP) ou, se você realmente curtir, pode ser baixado em link direto via mediafire.

FIM DE MUNDO (EP) DOWNLOAD

U é um projeto que desenvolvo sozinho. Não sou músico (sou roteirista/escritor e produtor/diretor de vídeos de baixo orçamento), o que não me impede de fazer algumas experimentações sonoras envolvendo a exploração de ruídos, microfonias e outras sujeiras musicais para possível uso em trilhas sonoras de filmes meus ou de outros produtores, como no curta experimental “Purgatório Axiomático” (2019), de Fábio Marino, ou no curta ainda inédito “Brasil 2020”.

Purgatório Axiomático, assista aqui:

BRASIL 2020 (SOUNDTRACK) DOWNLOAD

Os álbuns da U estão disponíveis no Bandcamp e para download também. Você pode ouvi-los nos links abaixo:

Bandcamp: Involução no Terceiro Planeta (2018)

Mediafire: Involução no Terceiro Planeta (2018) – DOWNLOAD

Bandcamp: O Som dos Planetas (2019)

Mediafire: O Som dos Planetas (2019) – DOWNLOAD

O Som dos Planetas foi lançado pela gravadora Exhaust Valve Recs: O Som dos Planetas (Exhaust Valve Recs)

por Petter Baiestorf

Experimentação do Caos Cósmico (demo-tape para download)

Posted in download, Música with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on novembro 17, 2018 by canibuk

Não sou músico, o que não me impede de retirar alguns dos ruídos que dançam na minha cabeça para compartilhar com você. Não sou músico, o que não me impede de parir um terceiro disco inspirado no meu guru musical, Gurcius Gewdner, que afirma: “Não saber tocar nenhum instrumento não é desculpa para não fazer!”.

Essa experimentação do caos cósmico também bebe da liberdade com que Jesus Franco fazia músicas, com seu free jazz realmente livre. O minimalismo das melodias de John Carpenter também me incentivaram na busca dos ruídos cósmicos do theremin e da sujeira do sintetizador.

Gravei essa demo-tape sem pretensão nenhuma. São testes iniciais de uma mente barulhenta que está usando estes instrumentos a 24 horas e, naquela hiper-atividade dos sem-noção, quis registrar as primeiras sonoridades arrancadas  dos desarranjos hiper nucleares espaciais.

Ouça no escuro, usando fones de ouvido, no volume máximo.

DOWNLOAD

BAIESTORF – EXPERIMENTAÇÃO DO CAOS CÓSMICO (Demo-tape)

Músicas:

1- Experiência da Desconstrução Cósmica – Você assistiu o filme Dark Star? Lembra do surfista espacial que desliza rumo ao cosmos infinito sobre os escombros da espaçonave? Pois bem, este som fala de uma canção cósmica que este surfista estelar ouve no infinito, só que aqui a imaginei com as notas batidas de forma invertida no vácuo do espaço gelado.

2- Experiência Espacial Plano 2 – Tentei compartilhar a melodia que ouço quando cavalgo a baleia espacial, seguida de corais de golfinhos, nos mais tenros rincões interestelares do passado imemorial.

3- Experiência Carvão Termo-Nuclear – Ontem teve um momento em que parei dentro de um milésimo. Sentei no milésimo e quis ficar olhando as notas do silêncio barulhento. O treco é que o chão do milésimo ondula, hora pra dentro, hora pra fora. Este ondular é mais intenso pra fora, diminuindo ao re-entrar. Musiquei este milésimo aqui.

4- Experiência Espacial Plano 4 – Às vezes o espaço-tempo tem coordenadas tão relativas restritas que o fundo do espaço faz uma dobra que dá nas fossas abissais do oceano terrestre onde vivem as sereias. Nesta faixa fiz uma reflexão na linguagem delas, que é um dialeto do baleionês.

5- Experiência Caótica do Plasma EspectralO free jazz que o Jesus Franco compôs para o seu filme Vampyros Lesbos serviu de inspiração para a composição dessa canção. Digamos assim que é uma volta aos prazeres profanos terrestres. Existe duas falhas nessa canção que não são falhas.

Baiestorf Experimentação do Caos Cósmico

Novembro de 2018

57 minutos.

Capa: Tsuneo Sanda (1991).

Theremin e Sintetizador: Petter Baiestorf.

Todas as desconstruções decompostas por Petter Baiestorf.

 

Você também pode gostar dos discos abaixo (ou não):

U – “Involução no Terceiro Planeta”

Baiestorf – “Abdução”

Baiestorf – “Stupid Stupid”

Baiestorf – “Zero”

Baiestorf – “Criaturas da Lua”

Demência Zine

Posted in Fanzines with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on julho 3, 2012 by canibuk

A resistência zineira brasileira continua editando alguns números imperdíveis, provando que mesmo numa época dominada por publicações virtuais ainda é possível editar fanzines de papel. Eduardo Vomitorium acabou de lançar o genial “Demência” número 5 com muito material sobre a cena gore grind nacional e toques sobre produções de filmes gore.

Neste número rola entrevistas com as bandas Obliteração e P.N.H. e uma entrevista comigo, conduzida pela dupla André Luiz (Lymphatic Phlegm) e o editor do “Demência”, onde falo sobre o mercado do cinema gore independente brasileiro. Também traz textos interessantes como “A Paternidade e o Underground”, que versa sobre os cabeções que abandonam as produções independentes só porque tiveram um “saquinho de merda ambulante” em suas vidas (isso, é um texto sobre ter filho e continuar produzindo); texto libertino com sexo explícito; outro sobre death metal e “Os Pilares da Desgraça”, sobre o Sore Throat. E muitas páginas divulgando outros fanzines, demo-tapes, e CDs de bandas nacionais e gringas. Muito barulho de qualidade para ser lido em 70 páginas de um trabalho irretocável que dá gosto ter em mãos.

As primeiras 50 cópias do “Demência” número 5 trazem de brinde a split-tape com Obliteração e P.N.H. e pode ser adquirido com o Eduardo Vomitorium via correio (A/C de Eduardo V. Júnior, Rua Fco. das Chagas Barreto 1054, Campo dos Velhos, Sobral/CE 62030-095).

dica do Baiestorf.

* Você que edita fanzines, lança demo-tapes e/ou produz filmes independentes (e qualquer outra manifestação artística mais obscura), mande pro Canibuk seu material e teremos maior prazer em ajudar na divulgação.

Demência Zine

Posted in Fanzines, Música with tags , , , , , , , , , on setembro 5, 2011 by canibuk

Acabei de receber, via correio, um fanzine muito bom sobre bandas de grindcore e goregrind chamado “Demência Zine” (este é o número 4, lançado no meio do ano de 2011, com 52 páginas), editado pelo batalhador Eduardo Vomitorium (que prá quem não sabe, foi o criador da banda de goregrind Feculent Goretomb). Este quarto número do zine traz em suas páginas uma ótima entrevista com a banda mineira de grindcore Expurgo e resenhas de todos seus lançamentos, uma pequena entrevista com a Terrötten Records, Acid Vomit, resenha de inúmeros discos de música extrema lançados nos últimos tempos, textos libertinos e muitas informações sobre a cultura do grindcore que é um gênero musical que acho fantástico (o meu preferido entre tantos outros que curto). Fanzine altamente recomendável aos apreciadores de um bom barulho!

O “Demência Zine” pode ser adquirido à maneira antiga, com cartinha enviada ao Eduardo, Rua Fco. das Chagas Barreto, 1054, Campos dos Velhos, Sobral/CE, cep 62030-095 ou do jeito moderno: eduardo_vomitorium@hotmail.com