Arquivo para pimenta

Penne ao molho de tomate

Posted in Culinária Vegetariana with tags , , , , , on fevereiro 19, 2011 by canibuk

Ingredientes:
(para meio pacote de penne)

1 cebola média bem picadinha
2 dentes grandes de alho
4 tomates maduros sem casca
1/2 pimenta dedo de moça picadinha
1/2 lata de ervilha
1/2 caixinha de molho de tomate
Orégano e salsinha verde ou seca à gosto
Sal e cominho à gosto.

Modo de preparo:

Cozinhe o penne até ficar ao ponto al dente em água com sal à gosto e enquanto ele cozinha comece a preparar o molho.

Em outra panela esquente bem o azeite e refogue  o alho e a cebola até dourar, acrescente os tomates picados e mexa por alguns minutos. Coloque a pimenta picada. Continue mexendo e depois de cinco minutos acrescente a meia caixinha de molho de tomate e meio copo de água, mexa de vez em quando até ferver e acrescente as ervilhas, o cominho, a salsinha, o orégano e o sal à gosto.  Deixe apurar por alguns minutos em fogo brando e de vez em quando vá mexendo até o molho ficar no ponto de sua preferência.

Depois do macarrão escorrido, jogue um pouco de água fria filtrada em cima, isso faz com que ele fique soltinho e não grude, coloque a massa num refratário e jogue o molho por cima, acrescente queijo ralado à gosto.

Obs: Penne é uma massa que se deve comer al dente e que pede bastante molho, então dois cuidados necessários que se deve tomar ao prepará-lo é o de não deixá-lo cozinhar demais e não reduzir muito o molho. Não tenha medo de fazer bastante molho!!!

 

 

Canibuk

Posted in Arte e Cultura, Buk & Baiestorf with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on dezembro 5, 2010 by canibuk

20 mil acessos!!!

Há três meses começamos o Canibuk e desde então ele virou o nosso maior vício aqui na net. Sem dúvida o melhor site dentre todos os que temos. Aqui podemos compartilhar tudo o que queremos sem censura nem frescura, sem medo de sermos expulsos (o Petter já foi expulso umas três vezes do orkut, do fotolog e recentemente do facebook e eu evito postar algumas de minhas artes mais explícitas por estes sites pra não acabar rolando o mesmo comigo). Aqui somos livres! Postamos o que gostamos e falamos o que queremos. E o mais importante de tudo é deixar a mensagem do “Vá lá e faça, experimente e expresse!“. Sem dúvida, o nosso cantinho sujo que respira arte, álcool, indecência e sangue correndo nas veias – e fora delas também!!!

.
Um brinde aos canibukeiros que nos acompanham, comentam e indicam sempre o nosso blog por aí!