Arquivo de videomaker

Posters & Capas de VHS da Canibal Filmes

Posted in Cinema, Manifesto Canibal, Posters, Vídeo Independente with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on maio 16, 2017 by canibuk

Infelizmente estou sem tempo algum para atualizar o blog. Mas nessa última semana estava selecionando material que irá fazer parte do livro “Canibal Filmes – Os Bastidores da Gorechanchada” e encontrei um material referente aos nossos lançamentos em VHS (que já estão disponíveis em DVD e que você pode comprar aqui na MONDO CULT):

Posters

1995- O Monstro Legume do Espaço

1996- Blerghhh1

1996- Blerghhh2

1996- Caquinha Superstar a Go-Go1

1996- Caquinha Superstar a Go-Go2

1996- Eles Comem Sua Carne1

1996- Eles Comem Sua Carne2

1996- Eles Comem Sua Carne3

1996- Eles Comem Sua Carne4_Folder

1996- Eles Comem Sua Carne4_Folder2

1997- Bondage 2 Amarre-me Gordo Escroto

1997- Chapado

1998- Sacanagens Bestiais dos Arcanjos Fálicos2

1998-Gore Gore Gays

Lombada das VHS

Lombada VHS- O Monstro Legume do Espaço (1995)

Lombada VHS- Eles Comem Sua Carne (1996)

Lombada VHS- Blerghhh (1996)

Lombada VHS- Bondage 2 Amarre-me Gordo Escroto (1997)

Lombada VHS- Raiva (2001)

Capas de VHS da Canibal Filmes:

VHS- Blerghhh (1996)

VHS- Chapado-Bondage 2 (1997)

VHS- Bondage 2 Capa 2 (1997)

VHS Bondage parte 1 - Capa 2 (1996)

VHS- Bondage parte 1 (1996)

VHS- Caquinha Superstar a Go-Go (1996)

VHS- Eles Comem Sua Carne (1996)

VHS- Festival Psicotrônico Vol 1 (1999)

VHS- Minimalismo Surreal Vol 1 (2002)

VHS- O Monstro Legume do Espaço (1995)

VHS- Raiva (2001)

VHS- Sacanagens Bestiais dos Arcanjos Fálicos

VHS- Zombio (1999)

Petter e poster GGG

Colagens Artísticas de Coffin Souza

Posted in Colagens with tags , , , , , , on outubro 3, 2010 by canibuk

Primeiro uma pequena introdução sobre o artista marginal Coffin Souza: Porto Alegrense nascido em plena ditadura brasileira nos anos 60, virou ateu na adolescência, começou a fazer filmes em super 8 com seus primos e amigos pouco depois chegando até a ganhar um prêmio de melhor fotografia de super 8 no festival de Gramado com um curta inspirado no poema “O Corvo” de Edgar Allan Poe. Depois, lá por 1988, parou de fazer qualquer produção até 1995 quando começou a trabalhar comigo na Canibal Filmes como produtor dos meus filmes e depois maquiador gore e ator. Coffin Souza também é escritor, poeta, video-artista (sua série de filmes experimentais feitos com experimentações no manuseio de imagens distorcidas no vídeo, que ele realizou em Fortaleza durante um ano inteiro que viveu no Ceará trancado num quarto por não suportar sol e calor, é genial) e, vez ou outra, se arisca em experiências com colagens como essa série sem nome que aborda temáticas cristãs.

Essa série de colagens Coffin Souza realizou em 2005 e acabei usando-as nos créditos iniciais do meu curta “Que Buceta do Caralho, Pobre só se Fode!!!” (2007, 23 min., roteiro-produção-direção de Petter Baiestorf). Coffin Souza estava em grande forma com seu humor anarco-ateísta quando realizou essas colagens. São imagens belíssimas que não recomendo aos fanáticos religiosos. Se os fanáticos religiosos tem liberdade total (e não pagam impostos) para terem templos e igrejas que cobram de seus fiéis para freqüentar os locais de reza e lamentações, Coffin Souza (que é ateu e não cobra nada de ninguém por isso), também tem a liberdade total de exercitar sua arte com ícones da mitologia cristã sempre que quiser.