IMPETIGO

Impetigo é uma das mais amadas bandas de Death/gore do mundo, revirando lembranças e memórias, me lembrei do fanzine especial que o Alisson Andrello Couto lançou sobre eles uns 10 anos atrás e resolvi resgatar duas resenhas dos clássicos LPs deles e uma lista com os nomes dos filmes que formam as delíciosas vinhetas de introdução de vários sons da banda.

Impetigo – “Ultimo Mondo Cannibale” (LP, 1990, Wild Rags Records). Clássico death/grind/gore absoluto. Altamente influênciado pela cena italiana de filmes gore e grandes obras-primas do horror americano, “Ultimo Mondo Cannibal” prima pela originalidade e distorção em um estilo posteriormente copiado e deturpado por bandas de pouquíssima qualidade. São ao total 16 faixas que abusam das letras e peso extremo para jogar o ouvinte em um mundo de horror somente comparável aos mais repulsivos filmes do gênero. Vocais histéricos e aterradores, guitarras originais e sincronizadas, bateria ultra-veloz e letras temáticas fascinantes. A capa do disco foi baseada no escatológico “Ultimo Mondo Canibale”, 1978, de Ruggero Deodato.

Impetigo – “Horror of the Zombies” (CD, 1991, Wild Rags Records). Segundo álbum destes doentes irrecuperáveis. Bem mais puxado para o death metal, mas ainda assim com uma boa pitada de originalidade e climas sombrios. Instrumental contida, velocidade ponderada e uma qualidade de gravação realmente louvável! Continuam os pesadelos das letras absurdas, as grandes introduções, o peso marcante e, é claro, a sempre aguardada arte de Stevo. 10 faixas compõem o álbum e homenageiam  diretamente filmes como “Cannibal Holocaust”, “Wizard of Gore”, “Cannibal Ferox”, “Let Sleeping Corpses Lie”, entre outros.

As Introduções nas Músicas do Impetigo

“Ultimo Mundo Cannibale” (LP):

Intro 1 antes de “Maggots”: extraída do filme italiano “Gates of Hell” de Lucio Fulci (lançado em VHS no Brasil com o título de “Pavor na Cidade dos Zumbis”).

Intro 2 antes de “Revenge of the Scabbyman”: extraída do filme “Ilsa: She Wolf of the SS” de Don Edmonds.

Intro 3 antes de “Bloody Pit of Horror”: extraída dos filmes “Ilsa – Harem Keeper of the Oil Sheiks” de Don Edmonds & “Mark of the Devil” de Michael Armstrong.

Intro 4 antes de “Bitch Death Mucous Monster From Hell”: criada e realizada por Stevo em um estúdio.

Intro 5 antes de “Zombie”: extraída do filme “Zombie 2” de Lucio Fulci (lançado em DVD no Brasil pela London Filmes).

Intro 6 antes de “Unadulterated Brutality”: extraída do filme “Wizard of the Gore” de HG Lewis.

Outro após “Mortado”: gravação de umaligação realizada por membros da banda texana Splattereah.

“Horror of the Zombies” (CD):

Intro 1 antes de “Boneyard”: trecho de uma entrevista com o serial killer Henry Lee Lucas.

Intro 2 antes de “I Work for Streetcleaner”: extraída do filme “Deadbeat at Dawn” de Jim Van Bebber.

Intro 3 antes de “Wizard of Gore”: extraída do filme “Wizard of the Gore” de HG Lewis.

Intro 4 antes de “Mortuaria”: extraída do filme “Andy Warhol’s Frankenstein/Flesh for Frankenstein” de Paul Morrissey (lançado em DVD no Brasil pela Continental Filmes).

Intro 5 antes de “Cannibal Lust”: extraída do filme “Cannibal Holocaust” de Ruggero Deodato (lançado em DVD no Brasil pela Platina Filmes).

Intro 6 antes de “Defiling the Grave”: entrevista com o serial killer Daniel Rackowitz.

Intro 7 antes de “Staph Terrorist”: extraída do média japonês “Guinea Pig: Flowers of Flesh and Blood” de Hideshi Hino.

Intro 8 antes de “Breakfast at Manchester Morgue”: extraída do filme “Let Sleeping Corpses Lie/Breakfast at Manchester Morgue” de Jorge Grau (lançado no Brasil em VHS com o título “Zumbi 3”).

escrito por Alisson Andrello Couto.

 

Meus LPs (em vinyl) da Impetigo...

 

... E meus Cds da Impetigo!

Vídeos do Impetigo:







5 Respostas to “IMPETIGO”

  1. Essa banda é muuito legal. Um dos precursores do som gore.

  2. Há, e Petter, esses teus CDs dão água na boca!!

  3. Alisson Andrello Couto Says:

    Fico grato pelo tom nostálgico em recuperar parte deste material, Petter. Inclusive ainda distribuo ambos os zines até hoje pois sempre tem gente interessada em saber mais sobre esta cult banda do underground.

    • Alisson, tem coisas que são eternas!!!
      Petter.

      • Alisson Andrello Couto Says:

        É Petter, mas custa à gente a preservação pois se depender do público atual de “som pesado”, pode jogar a pá de cal por cima que está tudo perdido!. Até porque o que presta pra essa molecada é Avenged Sevenfold e excrementos do tipo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: