Archive for the Culinária Vegetariana Category

Massa de Pizza

Posted in Culinária Vegetariana with tags , , , , , , , , , , , , on março 12, 2012 by canibuk

Depois de muito encher o saco do Coffin Souza, finalmente ele me passou a receitinha da massa de pizza que ele faz (dá prá fazer calzones também com essa mesma massa). Compartilho aqui essa receita, engordem amigos, engordem!!!

Ingredientes:

1,5 xícaras de farinha de trigo,

1 colher de sopa de azeite de oliva,

1 xícara de água Morna,

1 colher de sopa de fermento biológico,

1 colher de chá de cachaça.

Modo de Preparo:

Misture em uma tijela a farinha e o azeite. Coloque o fermento, misture bem, coloque a cachaça, misture. Colocar a água aos poucos (talvez não precise de toda a água) e misture bem .Trabalhar com as mãos até obter uma massa homogênea e que desgrude das mãos. Fazer uma bola, cobrir com um pano de prato e deixar repousar por 30 minutos. Abrir a massa com um rolo ou com as mãos em uma forma. Pode ser pré-assada por 5 minutos ou já recheada e assada ao ponto.

Cortar, servir, comer com um bom vinho ou cerveja. Bom Apetite!

Fotos do teste de Petter Baiestorf... APROVADO!

Caldinho de Abóbora.

Posted in Culinária Vegetariana with tags , , , , , , , on fevereiro 11, 2012 by canibuk

Uma receita de sucesso que provamos e aprovamos em uma das noites gostosas da nossa lua de mel (créditos à Fabi,  que nos apresentou também, na mesma noite,  o queijo à milanesa, que em breve postaremos aqui) foi o caldinho de abóbora. A receita é simples e rápida de fazer. Recomendamos como abertura ou como acompanhamento de uma bela cervejinha, cuba libre ou caipirinha.

Ingredientes:

1/2 kg de abóbora cortada em pedaços e sem casca.

1/2 cebola grande picada.

1 dente de alho picado.

Salsa verde picada.

2 colheres de sopa de azeite extra-virgem.

1 pitada de cominho.

Pimenta calabresa desidratada à gosto.

Sal à gosto.

Modo de preparo:

Cozinhe a abóbora cortada  em água suficiente pra cobrir os pedaços. Adicione sal e  cominho à gosto.  Mantenha no fogo até que fique mole (tempo de cozimento é sempre  relativo, depende se teu fogo é alto, baixo, forte  etc, então vai seguindo o olhômetro e enfiando o garfo, quando entrar com facilidade e a abóbora começar a se despedaçar, está no ponto). Retire do fogo, deixe esfriar um pouco e bata a abóbora no liquidificcador com metade da água de cozimento até virar um creme homogêneo.

Numa panela, refogue a cebola e o alho picados em duas colheres de azeite,  quando dourar acrescente a abóbora batida. Mexa bem e quando começar a ferver adicione  a outra metade da água do cozimento e uma pitada de pimenta calabresa.  Retire do fogo após cinco minutos e acrescente a salsinha picada.

Obs:  a concistência do caldo vai do gosto de cada um. Nós preferimos o meio termo, nem ralo, nem grosso demais. Então o equilíbrio nos ingredientes e fundamental.  Se por acaso, o caldo ficar ralo demais, dilua uma colher de chá de maizena em dois dedos d’água e acrescente no caldo quando ainda estiver no fogo.

Dica: incremente o caldinho acrescentando pedacinhos de queijo provolone no copo cada vez que for servir. Fica uma delícia!

Semen Maniac!

Posted in Arte e Cultura, Bebidas, Buk & Baiestorf, Culinária Vegetariana, erótico, Fetiche, Fotografia, Putaria with tags , , , , , , , , , , , , on outubro 26, 2011 by canibuk

Acho estranhíssimo!                                                                                Inúmeras vezes presenciei garotas com expressões de nojinho ao ver uma cena de gozada no rosto ou boca seguidas de comentários do tipo “ai, que nojo” e “nunca deixarei ele gozar na minha boca“… Reação que, na minha opinião, é totalmente esquisita, pois encaro tal ato como algo extremamente natural, delicioso, importante, instigante, indispensável. Resolvi, então, aliar neste post algumas notas interessantes que mostram algumas qualidades contidas no sêmen mais  imagens  saborosas para o deleite daquelas que, assim como eu, apreciam com prazer tal deliciosidade. As que fogem disso (salvo lésbicas, que é outro assunto) têm todo o direito de escolha, mas certifiquem-se apenas de estarem fazendo isso porque querem realmente e não por um nojinho baseado em preconceitos estabelecidos por algum tipo de convenção robotizada, tradicional, religiosa e moralista, o que é, creio eu, na maioria das vezes, o motivo principal dessa atitude.

Estudos mostram que o sêmen é benéfico ao organismo, contém sais minerais, potássio, magnésio, zinco, vitamina B12/E/C, frutose, age como hidratante natural para a pele por conta da gordura que possui e que o líquido espermático (sadio) não contém germes. Um outro estudo curioso feito recentemente por uma equipe de psicólogos evolucionistas  da Universidade Estadual de Nova Iorque mostrou que o sêmen humano é  enriquecido com mais de 50 compostos químicos diferentes como hormônios, neurotransmissores e endorfinas, incluindo cortisol (hormônio que, entre outras funções, diminui o nível de stress, mantém a estabilidade emocional e aumenta o afeto), prolactina (que age como um antidepressivo natural), estrona (hormônio que eleva o humor) e serotonina (esse é bem conhecido e também funciona como antidepressivo)  e age quase que diretamente sobre os hormônios femininos atuando como antidepressivo natural.  Belas notícias!

Brindemos a essa bebida virtuosa!

escrito por Leyla Buk.

Penne com Vagens

Posted in Buk & Baiestorf, Culinária Vegetariana with tags , , , , , , , , on agosto 5, 2011 by canibuk

Postando aqui hoje uma receita rápida de fazer que Leyla e eu adoramos, que é “Penne com Vagens”.

Ingredientes para o Molho:

– Creme de leite (que pode ser trocado por molho branco já pronto, que também fica delicioso),

– Vagens (umas 300 gramas),

– Alho, Cebolinha, Salsinha (esse trio nunca pode faltar),

– Cebola,

– Pimentões (verde, amarelo e vermelho),

– Seleta de legumes (mas coloque apenas uma ou duas colheres no molho),

– Cogumelos,

– Alcaparras,

– Requeijão e pedacinho (não muito, só para dar sabor) de queijo Provolone,

– Pimenta Calabresa, Cominho e Sal.

Modo de preparar:

Primeiro cozinhe a vagem até ela estar no ponto de comer.

Coloque um pouco de óleo no fundo de uma panela e deixe dourar o alho junto de algumas alcaparras e o cogumelo, em seguida acrescente a cebola (um terço dela, ou, se você adorar cebola, metade de uma), pimentões e a vagem picadinha. A seleta de legumes (uma colher dela) pode ser incluída segundo antes do Creme de Leite, fique cuidando para que não queime o molho no fundo da panela. Em seguida acrescente três colheres de Requeijão e um pedaço de queijo Provolone e deixe cozinhar uns poucos minutinhos. Em seguida coloque sal, cominho, pimenta calabresa a gosto, deixando o molho levemente picante. Deixe cozinhar mais alguns minutinhos e quando estiver pronto coloque sobre ele a dupla salsinha/cebolinha verde.

O Penne você deixa cozinhando numa panela separada e quando estiver no ponto, retire a água da panela e misture o penne ao delicioso molho branco de vagens que você acabou de fazer! Coma tudo com um bom vinho e uma parceira(o) legal!

Penne ao molho de tomate

Posted in Culinária Vegetariana with tags , , , , , on fevereiro 19, 2011 by canibuk

Ingredientes:
(para meio pacote de penne)

1 cebola média bem picadinha
2 dentes grandes de alho
4 tomates maduros sem casca
1/2 pimenta dedo de moça picadinha
1/2 lata de ervilha
1/2 caixinha de molho de tomate
Orégano e salsinha verde ou seca à gosto
Sal e cominho à gosto.

Modo de preparo:

Cozinhe o penne até ficar ao ponto al dente em água com sal à gosto e enquanto ele cozinha comece a preparar o molho.

Em outra panela esquente bem o azeite e refogue  o alho e a cebola até dourar, acrescente os tomates picados e mexa por alguns minutos. Coloque a pimenta picada. Continue mexendo e depois de cinco minutos acrescente a meia caixinha de molho de tomate e meio copo de água, mexa de vez em quando até ferver e acrescente as ervilhas, o cominho, a salsinha, o orégano e o sal à gosto.  Deixe apurar por alguns minutos em fogo brando e de vez em quando vá mexendo até o molho ficar no ponto de sua preferência.

Depois do macarrão escorrido, jogue um pouco de água fria filtrada em cima, isso faz com que ele fique soltinho e não grude, coloque a massa num refratário e jogue o molho por cima, acrescente queijo ralado à gosto.

Obs: Penne é uma massa que se deve comer al dente e que pede bastante molho, então dois cuidados necessários que se deve tomar ao prepará-lo é o de não deixá-lo cozinhar demais e não reduzir muito o molho. Não tenha medo de fazer bastante molho!!!

 

 

Miojo a la Boo Boo

Posted in Culinária Vegetariana with tags , , on janeiro 28, 2011 by canibuk

Hoje eu estava na correria o dia todo e acabei preparando pro almoço este prato extremamente rápido de fazer que fica uma delícia!

Ingredientes:

– Um pacote de Miojo,

– Uma Cenoura,

– Pimentão Amarelo,

– Pimentão Vermelho,

– Pimentão Verde,

– Uma cebola média,

– Vagens,

– Azeite de Oliva,

– Molho de Shoyo Kitano,

– Alcaparras,

– Sal.

Modo de Preparo:

Cozinhe a vagem numa panela em pequenos pedaços e deixe-a de lado.

Pique os legumes. Coloque um filete de azeite de oliva numa panela, jogue as alcaparras e logo na seqüência os legumes picados (gosto de colocar primeiro os pimentões com a cenoura, depois a cebola e por último a vagem e uma pitadinha de sal). Deixe refogar um pouco e coloque o molho Shoyo a vontade e deixe cozinhar por uns três minutos. Ao mesmo tempo cozinhe o Miojo sem tempero algum (no mínimo uma pitadinha de sal à gosto). Misture o Miojo ao molho de legumes refogado e encha a cara de vinho para acompanhar.

Salada de legumes.

Posted in Culinária Vegetariana with tags on novembro 23, 2010 by canibuk

 

Ingredientes:

– Meio Repolho roxo cortado em tiras,
– 100 gramas de vagem cortada em palitos
– 2 batatas inglesas cortadas em tiras
– Meio maço de bróccolis (incluindo os talos)
– Meio maço de couve-flor
– Meio pimentão amarelo
– Meio pimentão vermelho
– 1 cebola
– 2 tomates
– 100 g de alcaparras
– Molho italiano
– Azeite de oliva
– Sal
– Curry
– Pimenta do reino

Cozinhe o repolho, a vagem, as batatas, o brócolis e a couve em água com sal, pimenta do reino e curry à gosto, escorra e misture ao tomate, cebola e pimentões. Adicione as alcaparras, regue com molho italiano e três colheres de azeite de oliva, misture bem e sirva com arroz ou um acompanhamento de sua preferência.