Arquivo para outubro, 2010

Ailóviú

Posted in Fanzines, Quadrinhos with tags , , , , on outubro 31, 2010 by canibuk

No “Arghhh” número 16 publiquei uma HQ de 3 páginas de Maria Jaepelt sobre o amor de um casal que sempre achei hilária. “Arghhh 16” foi um dos números mais escatológico do zine, neste mesmo número que rolou aquela HQ “Gay-Line” já postada aqui no Blog. Em tempo, capa deste “Arghhh” era do Henry Jaepelt, marido de Maria.

Sex Pistols!

Posted in Música with tags , , , on outubro 31, 2010 by canibuk

Eu simplesmente adoro drug movies (especialmente sobre viciados em heroína) e ontem vi o filme “Sid & Nancy” que o Petter tinha me mandado no começo da semana. O filme mostra a relação perturbada entre o  Sid Vicious (baixista do Sex Pistols) e Nancy Spungen (uma junkie,  prostituta e groupie), as brigas intensas, o vício em heroína e o final trágico com a morte da Nancy.

Amo esse filme e, aproveitando a euforia e o entusiasmo que sempre bate quando vejo um filme que gosto muito, resolvi postar então (neste dia onde todo mundo deveria mesmo era ficar em casa trepando e bebendo em vez de enfrentar filas quilométricas por coisa nenhuma), alguns vídeos do Sex Pistols que é algo que estou ouvindo no repeat o dia todo com meu copo de álcool que, misteriosamente, deve ter um botão repeat também, ahahaha.

Divirtam-se!

Iluminados Libertos

Posted in Nossa Arte with tags , , on outubro 30, 2010 by canibuk

Um sonhador qualquer toca a lua

dos pequenos lábios

lubrificados

da rainha Caos.

Ela,

por sua vez,

banha com sua luz

os iluminados ranzinzas

que uivam animalescamente

para o nada supremo

libertos

do computador

com

vagina pingante

de líquidos cheirosos

com dentes mecânicos

de prazer agonizante

querido

por todos os escravos

do tédio absoluto,

tão magnânimo tédio

e realmente absoluto.

escrito por Petter Baiestorf (publicado originalmente do folheto poético “Urtiga número 11” (junho de 2005).

A Metamorfose por Luciano Irrthum

Posted in Fanzines, Quadrinhos with tags , , , on outubro 30, 2010 by canibuk

capa do zine "Arghhh 23" por RPC.

Luciano Irrthum realizou uma ótima adaptação em quadrinhos do livro “A Metamorfose” escrito pelo Kafka em 1912. Essa HQ de Irrthum foi originalmente publicada no fanzine “Arghhh” número 23.

Desenhos Eróticos da Buk no Doce Avanço da Faca

Posted in Arte Erótica, Nossa Arte, Vídeo Independente with tags , , , , on outubro 29, 2010 by canibuk

Ilustração de Leyla para os créditos iniciais do "Ninguém Deve Morrer", 2009.

Em 2009 quando fiz o média-metragem “Ninguém Deve Morrer” usei os desenhos da Leyla Buk nos créditos iniciais do filme, aliás, Leyla foi a musa inspiradora do “Ninguém Deve Morrer” e graças à uma luz que ela me deu numa madrugada é que o filme se tornou uma produção musical (porra, preciso arranjar grana para tornar o “Ninguém Deve Morrer” um longa), aí entramos no ano de 2010 produzindo nossos postais e eu sem muita motivação prá encarar uma nova produção de filmes até que, ao trabalhar de ator no “A Noite do Chupa Cabras” do Rodrigo Aragão e jurar pro Joel Caetano e o Cristian Verardi que em 2010 eu não ia fazer filme nenhum, eis que pintou na cabeça o roteiro do média-metragem “O Doce Avanço da Faca” e o filmei rapidão.

O primeiro roteiro do “O Doce Avanço da Faca” era surrealista, minha visão sobre um casal (que seria interpretado por 2 mulheres, uma delas no papel masculino) que adorava fazer putarias e, no meio dessas putarias, suas vidas eram “dirigidas” por um documentarista e tudo virava a boa e velha metalinguagem cinematográfica que eu tanto adoro. Neste roteiro havia uma passagem onde a esposa gritava um poema e desenhos eróticos feitos pela Leyla entrariam para ilustrar explicitamente as putarias declamadas. Leyla fez esses desenhos num traço bem diferente do seu estilo pessoal e homenageando os catecismos do Zéfiro e demais quadrinhos eróticos dos anos 70 e 80, época de ouro dos quadrinhos de sacanagem nacionais. Por alguns problemas de produção, não consegui filmar este roteiro, tive que mudar tudo às pressas e transformar a produção em um filme de vingança gore alucinado. Mas como as ilustrações de Leyla estava ótimas, quis manter a passagem poética com eles dando vida aos pintos murchos que estarão assistindo o filme depois de finalizado. Mantive o casal, transformei o marido num desenhista de HQs eróticas e, com isso, pude manter os desenhos da Leyla no filme mostrando inclusive  o desenhista “criando” em cena os desenhos bolados pela mente insana de Leyla e, também, pude manter a seqüência onde a esposa recita um poema sexual-tarado que será ilustrado pelos desenhos de Leyla homenageando Zéfiro e todos os fanzineiros do passado.

O bom de trabalhar com a Leyla Buk é que, além de versátil, ela também é inteligente (tenho uma queda por pessoas inteligentes). Leyla conseguiu captar bem o estilo dos traços eróticos do final dos anos 70 e criou ótimas ilustrações (vide imagens deste post) que não vejo a hora de editar no filme. Aliás, Leyla e eu, já estamos com um projeto de HQs pornográficas para fazermos juntos e lançar no formato de revistas impressas produzidas de forma independente cheias de idéias pervertidamente tesudas.

Em breve postamos aqui mais desenhos eróticos da Leyla, então no seu estilo pessoal (esses que ilustram o post são estilo anos 70/80 para uso do filme).

Nove Indicações Para a Arte

Posted in Literatura with tags , , , , , , on outubro 29, 2010 by canibuk

1. Ausência da Arte. 2. Destrua a Arte. 3. Não assine a Arte. 4. Copie a Arte. 5. Mude a Arte. 6. Você é a Arte. 7. Tudo é Arte. 8. Faça a Arte como você costuma faze-la. 9. A morte é Arte. O que quer que faça é um Happening  O que quer que diga é Poesia  O que quer que toque é Arte  Eu sou Ben e uma cadeira é uma cadeira. Assinei a noção de qualquer coisa em 1958, assinei a arte em 1959, assinei alguns eventos em 1959, assinei a morte em 1960, assinei o Papa em 1961, assinei Deus em 1961, assinei o tempo em 1961, assinei você em 1962, assinei a água suja em 1961, assinei eu próprio em 1962, assinei minha assinatura em 1962.

escrito por Ben Vautier (assinado os editores do Blog).

Ben Vautier pronto prá te dar Arte.

Spermental

Posted in Fanzines with tags , , on outubro 28, 2010 by canibuk

A dica dessa tarde no Canibuk é o zine de contos e poesias livre do porra-louca Erivaldo Mattüs, O Spermental.

O zine, que já vai no número 17 e com previsão de número novo pro mês que vem,  tem distribuição gratuita e alguns textos do próprio Mattüs e de amigos que lhe enviam materiais (textos e ilustrações).  Nas palavras do Erivaldo: “os meus textos são meio que gore, splatter e pego o de amigos nessa linhagem, mas lanço muita coisa que não tem nada a ver com o tema com bebuns que também escrevem, só pela camaradagem mesmo.”

 

O Zine também virou estampa de camiseta. Cada uma custa  R$ 25,00 (pintada a mão) e R$ 20, 00 (serigrafia).

E até ecobags, olha só!!!  R$ 35,00 cada:

 

Quem quiser se contaminar com o zine,  enviar algum material  e ainda vestir, literalmente, a camiseta,  pode conseguir  com o Erivaldo pelo e-mail katarru_podre@hotmail.com

Blog do Mattüs (com textos só dele e todinhos dele):

http://spermental.blogspot.com/